Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de dispositivos orgânicos para aplicações em bioeletrônica

Processo: 17/20809-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2019
Vigência (Término): 30 de junho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Carlos Frederico de Oliveira Graeff
Beneficiário:Miguel Henrique Boratto
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07296-2 - CDMF - Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais, AP.CEPID
Assunto(s):Redes neurais

Resumo

Em busca de aperfeiçoamento nos sistemas de processamento e armazenamento de dados e também futura integração com sistemas biológicos é necessário um estudo aprofundado de memórias orgânicas não-voláteis através da utilização de dispositivos que emulem funções sinápticas e neuronais, e possuam componentes biocompatíveis flexíveis para interação com o tecido biológico. Dispositivos reais simulando sinapses e pequenas redes neurais tem sido realizado com sucesso com base em transistores eletroquímicos e prometem uma revolução no processamento e armazenamento de dados atuais. Transistores eletroquímicos orgânicos (TEOs) possuem grande importância devido ao fato do seu funcionamento e performance serem parecidos com os de sinapses dos tecidos cerebrais, e alguns destes dispositivos apresentarem centenas de estados de condutividade sob baixa tensão de operação. Portanto, em busca deste aperfeiçoamento no processamento e armazenamento de dados, neste projeto é proposto o desenvolvimento de TEOs baseados em filmes finos de PEDOT:PSS com diferentes concentrações de melanina. O PEDOT:PSS é um semicondutor de buracos com alta performance em TEOs devido sua ampla interação com íons na interface semicondutor/eletrólito, e a melanina é um biopigmento com propriedades iônicas e biocompatibilidade para aplicações futuras em bioeletrônicos. Eletrólitos de NaCl e KCl são interessantes e apresentam alta velocidade de comutação em TEOs. Além disso, serão desenvolvidos memoristores (memórias resistivas) com látex e melanina para obtenção e estudo de memórias não-voláteis de alto desempenho.