Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de associação de varredura genômica baseada na expressão gênica (eGWAS) em epilepsia de lobo temporal mesial

Processo: 18/03254-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Iscia Teresinha Lopes Cendes
Beneficiário:Estela Maria Bruxel
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07559-3 - Instituto Brasileiro de Neurociência e Neurotecnologia - BRAINN, AP.CEPID
Assunto(s):Neurologia   Expressão gênica

Resumo

A epilepsia é definida como um distúrbio neurológico caracterizado pela predisposição permanente do cérebro em gerar crises epilépticas espontâneas, sendo a epilepsia do lobo temporal a forma mais comum de epilepsia focal na população adulta e responsável por 40% de todos os casos de epilepsia nesta população. O entendimento da epilepsia tem crescido rapidamente com a expansão das descobertas genéticas e novas tecnologias. No entanto, nas epilepsias de herança complexa e que são as mais frequentes, as bases genéticas continuam ainda largamente desconhecidas. Principalmente nas epilepsias focais o desafio de se identificar loci de suscetibilidade utilizando estudos de varredura genômica tem sido infrutífero. Isso posto, o projeto de pesquisa proposto visa identificar loci de suscetibilidade para a epilepsia de lobo temporal mesial (ELTM), a formar mais frequente de epilepsia de lobo temporal, através de um estudo de associação de varredura genômica baseada na expressão gênica (eGWAS). Para o desenvolvimento do projeto serão gerados dados de GWAS de uma amostra de 500 pacientes com ELTM e 500 controles, usando uma plataforma de SNP-array genômico. Conjuntamente, serão gerados dados de expressão gênica em material cirúrgico de pacientes com ELTM (n=5) e controles obtidos de autopsia (n=5) para realizar um estudo de eQTL. Posteriormente, serão realizadas análises estatísticas com a finalidade de integrar os dados de GWAS e eQTL para identificar loci de suscetibilidade. A estratégia de eGWAS nunca foi utilizada para estudas a ELTM, porém tem levando a sucesso em outras doenças de herança complexa. A literatura tem mostrado que ao integrar os dados de expressão gênica a análise de associação é possível aumentar a sensibilidade pela incorporação de dados funcionais, o que por sua vez e reduz o número de comparações múltiplas reduzindo a penalização estatística que dificulta o encontro de resultados positivos nos estudos de GWAS.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.