Busca avançada
Ano de início
Entree

Musicar no espírito: louvor, comunidade e a produção da localidade entre pentecostais nigerianos na diáspora

Processo: 18/14832-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Música
Pesquisador responsável:Suzel Ana Reily
Beneficiário:Evanthia Patsiaoura
Supervisor no Exterior: Caroline Auriol Bithell
Instituição-sede: Instituto de Artes (IA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Manchester, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:17/08316-8 - Musicar no espírito: louvor, comunidade e a produção da localidade entre pentecostais nigerianos na diáspora, BP.PD
Assunto(s):Etnomusicologia   Diáspora   Pentecostais   Movimentos religiosos

Resumo

O estágio de pesquisa no exterior proposto é parte da pesquisa de pós-doutorado (processo 17/08316-8), financiada pela FAPESP, e já em curso no país. Esta pesquisa visa compreender a maneira pela qual o musicar local informa a circulação global de movimentos religiosos populares, como o pentecostalismo nigeriano, e investiga as (trans)localidades do musicar, enquanto lugares que se estendem para além de locais geográficos específicos e que incluem também as dimensões transcendentais da experiência religiosa diaspórica. Uma metodologia multi-situada é necessária para estudar práticas, percepções e experiências do 'musicar' entre diferentes contextos pentecostais nigerianos migratórios. O trabalho de campo etnográfico em São Paulo e em comunidades virtuais de evangelismo musical já começou, e viagens de campo para o Rio de Janeiro/Brasil e Lagos/Nigéria estão sendo agendadas com colaboradores de pesquisa. O estágio de pesquisa no exterior de oito meses ora proposto é de suma importância, pois viabilizará a realização de trabalho de campo junto a congregações pentecostais nigerianas em Manchester e Londres. Essa oportunidade possibilitará mais comparações entre os contextos de adoração de migrantes no Reino Unido, no Brasil e na Nigéria, ao mesmo tempo em que ajudará aprofundar o entendimento do papel do musicar local na moldagem de tradições de disseminação global. Os resultados de pesquisa esperados (uma publicação monográfica e de artigos em revistas indexadas, produção de um website etnográfico e apresentações em conferências nacionais e internacionais), preencherão uma lacuna importante no pouco estudado movimento do cristianismo pentecostal nigeriano. Ao mesmo tempo, eles irão gerar um rico diálogo interdisciplinar e aumentar a consciência pública sobre a relevância da Etnomusicologia e da Antropologia da Música para grandes audiências.