Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da cinética de corrosão do concreto ecoeficiente com baixo teor de cimento carbonatado

Processo: 18/10924-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2018
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Civil - Construção Civil
Pesquisador responsável:Vanderley Moacyr John
Beneficiário:Daniela Eugenia Angulo Ramirez
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Mudança climática   Desenvolvimento sustentável   Durabilidade

Resumo

O aumento considerável dos gases de efeito estufa (GEE) nos últimos anos e o consumo de recursos naturais não renováveis (matérias primas de origem calcárea e combustíveis fosseis), na crescente produção de cimento Portland, (2,8 a 4.2 bilhões de toneladas do 2011 até 2016), conduziram à necessidade de procurar soluções técnicas e tecnológicas que ajudem a diminuir o impacto ambiental da indústria do cimento de uma forma sustentável y eficiente.Uma das metodologias propostas para está problema é uso mais eficiente do conteúdo de clínquer de cimento no concreto, reduzindo a relação clínquer/cimento e o uso de materiais não reativos, como filler calcário Isto com o controle e aumento do empacotamento e dispersão das partículas. Concretos com essas características tem mostrado boas propriedades reológicas e resposta mecânica e durável. Apesar disso, não tem sido reportado a avaliação destes concretos eco-eficientes com baixo teor de cimento, em relação à corrosão de armaduras.A proposta deste projeto é estudar a cinética do processo corrosivo de armaduras em concreto estrutural eco-eficiente com baixo teor de cimento, alto teor de filler e baixa quantidade de água de mistura. Estimular o avanço da carbonatação de forma acelerada e conhecer qual é o risco potencial frente à corrosão dessas estruturas expostas a diferentes umidades relativas e ciclos de imersão/secagem, simulando as fachadas das estruturas as quais são as mais expostas.