Busca avançada
Ano de início
Entree

PERFIL DE DEREPLICAÇÃO DE Nectandra oppositifolia Nees & Mart (LAURACEAE) - IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE METABÓLITOS ANTIPARASÍTICOS

Processo: 18/18975-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:João Henrique Ghilardi Lago
Beneficiário:Geanne Alexsandra Alves Conserva
Supervisor no Exterior: Emerson Ferreira Queiroz
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Local de pesquisa : Université de Genève, Suíça  
Vinculado à bolsa:16/20633-6 - Metabólitos bioativos dè Nectandra oppositifolia Ness & Mart. (Lauraceae) - caracterização molecular, avaliação dò potencial antiparasitário “in vitro E “in vivo E determinação dós mecanismos dè ação, BP.DR
Assunto(s):Produtos naturais   Química de produtos naturais   Desreplicação

Resumo

A Mata Atlântica brasileira é uma das regiões mais importantes do mundo, considerada um hotspot de biodiversidade devido ao seu alto grau de biodiversidade (plantas, animais e microorganismos). Com base nesse aspecto, a investigação de metabólitos de diferentes espécies vegetais desse bioma pode ser uma fonte de novos protótipos para o tratamento terapêutico de diversas doenças, incluindo doenças tropicais negligenciadas, como malária, leishmaniose e Doença de Chagas. Como parte de nossos estudos com espécies de plantas da Mata Atlântica com atividade antiparasitária, selecionou-se Nectandra oppositifolia uma espécie desconhecida do ponto de vista químico e farmacológico. Para a realização deste estudo (projeto FAPESP 2016 / 20633-6), os extratos em n-hexano e EtOH das folhas e galhos foram preparados e apresentaram potencial antiparasitário expressivo contra Trypanosoma cruzi e Leishmania infantum. O extrato hexânico dos galhos foi submetido a um fracionamento guiado por atividade obtendo três butenolídeos bioativos: isolinderanolídeo D, isolinderanolídeo E e secosubamolídeo A. Além disso, procedimentos de desreplicação indicaram a predominancia de licarina A no extrato hexânico de folhas dessa espécie. Em uma segunda parte deste trabalho serão conduzidas estratégias de desreplicação para investigar a composição química dos extratos EtOH altamente bioativos dos galhos e folhas de N. oppositifolia no Laboratório de Fitoquímica e Produtos Naturais Bioativos da Universidade de Genebra, em colaboração com o Prof. Dr. Jean-Luc Wolfender e Emerson F. Queiroz. Este procedimento envolve técnicas hifenadas (LC / DAD, LC / MS e LC / RMN) e vários procedimentos cromatográficos visando o isolamento de metabólitos de N. oppositifolia. Após isolamento e identificação destes metabólitos, estes serão submetidos à avaliação antiparasitária conforme proposta no projeto FAPESP 2016 / 20633-6. Assim, o período de seis meses no Laboratório de Fitoquímica e Produtos Naturais Bioativos da Universidade de Genebra serão cruciais para concluir a investigação dos extratos bioativos das folhas e galhos do N. oppositifolia. Além disso, será uma excelente oportunidade para conhecer diferentes métodos analíticos hifenizados usados para desreplicação de produtos naturais.