Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos da Inativação do Cromossomo X em primatas não-humanos

Processo: 18/14856-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Lygia da Veiga Pereira
Beneficiário:Ana Luíza Cidral
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/10367-5 - Derivação de células-tronco naive para caracterização da Inativação do Cromossomo X, BE.EP.MS
Assunto(s):Inativação do cromossomo X   Biologia computacional

Resumo

A inativação do cromossomo X é o mecanismo de compensação de dose adotado pela maioria dos mamíferos. A ICX se faz necessária por conta do sistema de determinação genética do sexo em que fêmeas são XX e machos XY. Os processos que levam à inativação do cromossomo X em camundongos já estão bem estabelecidos, embora o mesmo não possa ser dito com relação a humanos e outros primatas. Estudos escassos sugerem uma variedade de aspectos que se diferenciam com relação à ICX entre diversas espécies, sendo que um deles diz respeito ao estágio embrionário no qual a ICX tem início A recente adoção da tecnologia de sequenciamento de RNA de célula única providencia a oportunidade de se estudar este mecanismo mais a fundo em amostras pequenas de células embrionárias, nas quais é possível analisar a expressão monoalélica ou bialélica de genes ligados ao cromossomo X. Este estudo se propõe a realizar tal análise em dados de scRNA-seq já publicados de Macaca fascicularis, visando definir a dinâmica de inativação do cromossomo X nesta espécie, determinar a fase embrionária onde o mecanismo é iniciado e estabelecer comparações com os achados científicos da espécie humana.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.