Busca avançada
Ano de início
Entree

Metodologias de recomendação de uso de gesso agrícola em diferentes sistemas de produção

Processo: 18/07979-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Marcelo Andreotti
Beneficiário:Isabela Malaquias Dalto de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira , SP, Brasil
Assunto(s):Sistemas de produção   Fertilidade do solo   Pastagens   Plantio direto   Gessagem

Resumo

O uso de gesso agrícola em sistemas conservacionistas de produção como os Sistemas Integrados de Produção Agropecuária (SIPAs), ainda gera dúvidas em relação a metodologia a ser utilizada. O presente trabalho tem por objetivo avaliar qual dentre as cinco metodologias de recomendação de uso de gesso agrícola em diferentes sistemas sustentáveis de produção agropecuária é o mais eficiente em relação a movimentação do gesso no perfil do solo e correlacionar com a produtividade agrícola na região do Cerrado. Serão analisadas as metodologias de Sousa, Lobato e Rein (2005), Vitti et al. (2008), Demattê (1986), Raij et al. (1996) e Caires e Guimarães (2016) em quatros sistemas sustentáveis de produção agropecuária: Sistema de Semeadura Direta (SSD), Sistema Agropastoril (SAP), Sistema Silvipastoril (SSP) e pastagem convencional. Serão realizadas avaliações dos atributos químicos nas camadas de 0-0,20m e 0,20-0,40m em outubro nos anos 2017, 2018 e 2019, atributos físicos nas camadas de 0-0,05, 0,05-0,20 e 0,20-0,40m em outubro de 2017 e outubro de 2019, avaliações das características agronômicas da cultura do milho e da soja e produtividade de matéria seca da pastagem e da crotalária. Busca- se com essa pesquisa atribuir qual das metodologias de recomendação de uso de gesso agrícola é a mais eficaz para os sistemas de produção estudados. (AU)