Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo exploratório para otimização do método de extração de cera, a partir de torta de filtro de usina sucroalcooleira, empregando água como solvente extrator

Processo: 18/20709-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 31 de maio de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Mary Rosa Rodrigues de Marchi
Beneficiário:Natália França Brandão de Matos
Empresa:Green Wax - Research and Innovation on Sugarcane by Products Ltda
CNAE: Fabricação de intermediários para plastificantes, resinas e fibras
Fabricação de produtos químicos orgânicos não especificados anteriormente
Fabricação de produtos diversos não especificados anteriormente
Vinculado ao auxílio:17/02109-0 - Avaliação do potencial econômico da torta de filtro de cana-de-açúcar e seus subprodutos, AP.PIPE
Assunto(s):Quimiometria   Propriedades físico-químicas   Propriedades mecânicas   Cera

Resumo

Um dos objetivos da Fase I do projeto proposto e avaliar as condições ideais para a extração da cera bruta, tais como: propriedades físico-químicas (temperatura, tempo de extração, relação soluto/solvente) e mecânicas (granulometria para filtração; rotação em RPM para homogeneização e pressão). Para consecução deste objetivo, será utilizado um planejamento experimental multivariado para minimizar e otimizar os resultados nas fases de processamento e produção. Especificamente, será empregado o planejamento fatorial fracionado (2k-n) que permite reduzir o numero de experimentos, tempo e custo do processo [1-2]. Assim, serão identificadas as principais variáveis que influenciam o processo, possibilitando a realização de novos experimentos mais detalhados com as variáveis representativas. Para o desenvolvimento destes experimentos, faz-se necessário a agregação de um estudante de graduação em Química ou Engenharia Química, que no estágio de formação acadêmica em que se encontra, terá plenas condições de atuar nas atividades propostas em conjunto com outro pesquisador, ou seja, o coordenador do projeto. Em função da carga horária do bolsista (15 horas), foram propostas etapas que podem ser executadas sob orientação do coordenador no período proposto. Ao termino do projeto o bolsista apresentara experiência em diversos equipamentos e situações de laboratório, bem como técnicas muito importantes para complementar sua formação, preparando-o para atuar em diversos ramos da química e engenharia de química.