Busca avançada
Ano de início
Entree

Visibilidade pública da Operação Urbana Consorciada Água Espraiada: cobertura e imagem na mídia impressa

Processo: 18/16923-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Planejamento Urbano e Regional - Fundamentos do Planejamento Urbano e Regional
Pesquisador responsável:Maria Lucia Refinetti Rodrigues Martins
Beneficiário:Monaliza Izidorio Pinheiro
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Interesse público   Política urbana   Intervenção urbana   Mídia impressa   Imprensa   Debate   Análise de conteúdo

Resumo

A presente proposta de projeto será desenvolvida tendo por referência a pesquisa de longa duração "Política Urbana e Interesse Público" sob responsabilidade da docente, e a recente participação no Projeto Temático intitulado "Public accountability to residents in contractual urban redevelopments - PARCOUR" (Processo FAPESP nº. 2015/50131-0). Estará também articulada ao "Grupo de Orientação" em conjunto com demais orientandos de Mestrado, Doutorado e Iniciação Científica da docente orientadora. Esta pesquisa de Iniciação Científica enforcará a Operação Urbana Consorciada Água Espraiada (OUCAE), um dos estudos de caso do Projeto PARCOUR, que estudou aspectos legais e operacionais, e condições de accountability de programas de intervenção urbana desenvolvidos sob formas contratuais, a partir de estudos de caso na Holanda, Reino Unido e Brasil. O presente projeto se propõe a estudar a cobertura e imagem da OUCAE na mídia impressa, partindo do pressuposto do papel fundamental da imprensa tanto em informar a sociedade quanto de alguma forma expressá-la, contribuindo para o debate público plural sobre as políticas públicas de planejamento urbano. Procederá à coleta, leitura e sistematização de publicações dos jornais Folha de S.Paulo e O Estado de S. Paulo, entre 2001 e 2017, e a elaboração de quadros que evidenciem e possibilitem a análise sobre a visibilidade pública da OUCAE, utilizando conceitos orientadores da Análise de Conteúdo (AC) de Bardin. Pode, desse modo, fornecer elementos empíricos para o melhor entendimento sobre a cobertura midiática e a construção de um imaginário público sobre a operação estudada. Os dados levantados serão ponto de partida para o estudo do potencial indutivo da imprensa na construção da opinião pública e do discurso que oferece suporte para este tipo de estratégia do planejamento urbano.