Busca avançada
Ano de início
Entree

Morfoanatomia comparada e evolução dos frutos da tribo Galipeeae (Rutoideae, Rutaceae)

Processo: 18/14853-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2018
Vigência (Término): 30 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Morfologia Vegetal
Pesquisador responsável:José Rubens Pirani
Beneficiário:Guilherme de Ornellas Paschoalini
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/18002-2 - Sapindales: filogenia e diversificação na região neotropical, AP.TEM
Assunto(s):Rutaceae   Sapindales   Anatomia

Resumo

Ontogeneticamente, um fruto é uma estrutura que se desenvolve do gineceu após fertilização de um ou mais óvulos. O fruto está associado a proteção das sementes e, frequentemente, a dispersão. Há muita discordância entre as classificações de frutos presentes na literatura. Nesse sentido, novas análises em diversos grupos podem elucidar tais controvérsias. A família Rutaceae A.Juss, notavelmente a tribo Galipeeae, apresentam ampla diversidade de tipos de fruto, portanto, é adequada ao presente estudo. Além disso, uma série de evidências macromorfológicas, anatômicas, bem como de outras áreas, apontam para a necessidade de uma profunda revisão taxonômica infrafamiliar de Rutaceae. O projeto tem por objetivo elucidar a evolução dos frutos de Galipeeae (Rutoideae, Rutaceae) por meio da investigação morfológica e anatômica. A principal hipótese a ser examinada diz respeito ao ancestral das rutáceas, possivelmente com gineceu pentacarpelar, maturação de todos os carpelos e autocoria. Para tanto, materiais do acervo de exsicatas do Herbário SPF serão estudados morfológica e anatomicamente. Concomitantemente, análise ontogenética será feita com exemplares coletados in situ no fitotério do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo e em expedições a campo. Após, será confeccionada uma matriz de estados de caracteres de fruto. Sob a filogenia mais recente de Galipeeae, será reconstruído o estado ancestral de caractere utilizando o software Mesquite v. 3.40. Ao final, espera-se ter uma codificação adequada de caracteres úteis as análises cladísticas posteriores, bem como atenuar a carência de estudos sobre os carpelos pós-floração de Galipeeae com um todo, e de Rutaceae em particular.