Busca avançada
Ano de início
Entree

Integridade científica: análise de fraudes em imagens de artigos científicos

Processo: 18/15864-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Pesquisador responsável:Anderson de Rezende Rocha
Beneficiário:João Phillipe Cardenuto
Instituição-sede: Instituto de Computação (IC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/12646-3 - Déjà vu: coerência temporal, espacial e de caracterização de dados heterogêneos para análise e interpretação de integridade, AP.TEM
Assunto(s):Computação forense   Visão computacional   Inteligência artificial   Segurança da informação   Artigo científico   Fraude   Análise de conteúdo

Resumo

Recentemente, com a quantidade de artigos científicos publicados sendo cada vez maior, o número de casos de má conduta na comunidade científica está crescendo, gerando investimentos financeiros e desgastes de profissionais em pesquisas irreprodutíveis. Esse projeto visa auxiliar a comunidade científica, verificando a integridade de artigos, pela automatização de processos forenses em suas imagens, através de métodos de inteligência artificial e visão computacional. Em seu fluxo de automatização, propomos um processo que se inicia com um artigo digital bruto em formato PDF (padrão na literatura), seguido da identificação e segmentação de imagens passíveis de má conduta e, por fim, na identificação de possíveis fraudes em suas imagens. Com auxílio de instituições parceiras - Defense Advanced Research Projects Agency (DARPA) e Universidade de Notre Dame - , investigações iniciais, em artigos da área de Biomedicina, apontam resultados relevantes na detecção de fraude, que indicam o potencial para este projeto. Finalmente, é de importância mencionar que o trabalho proposto está integrado ao projeto de pesquisa DéjáVu, cujos objetivos, entre outros, estão focados na integridade da informação.