Busca avançada
Ano de início
Entree

Otimização e elucidação da atividade antibacteriana de peptídeos catiônicos em patógenos multirresistentes

Processo: 18/15887-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 31 de março de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Ilana Lopes Baratella da Cunha Camargo
Beneficiário:Gabriela Marinho Righetto
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07600-3 - CIBFar - Centro de Inovação em Biodiversidade e Fármacos, AP.CEPID
Assunto(s):Entomologia agrícola   Antibacterianos   Peptídeos   Patógenos   Testes de sensibilidade microbiana

Resumo

O aparecimento de resistência a múltiplas drogas (MDR), consequência do uso exorbitante de antibióticos, aliado à falta de investimento da indústria farmacêutica para a descoberta de novos medicamentos, resultou em um alerta mundial devido à escassez de opções terapêuticas para infecções bacterianas. Neste cenário, cresce o interesse pela busca de novos compostos antimicrobianos. Dado o potencial de peptídeos catiônicos nesta aplicação, este projeto busca explorar possíveis otimizações para Plantaricina 149 e Bothropstoxina-I. Estes peptídeos, apesar de já bem caracterizados e de apresentarem atividade, possuem concentrações de ação muito mais altas do que as concentrações terapêuticas de antibióticos comerciais. Logo, este projeto propõe a síntese de análogos baseados nestes peptídeos, tendo como objetivo potencializar a ação destas moléculas, aumentar sua seletividade e reduzir seu tamanho. Estes análogos também serão sugeridos de acordo com parâmetros farmacoquímicos calculados por técnicas de quimioinformática, atribuindo uma nova perspectiva na análise destes peptídeos. Assim, propõe-se que estes sejam desenhados, otimizados e experimentalmente avaliados através da determinação da Concentração Inibitória Mínima (CIM) e taxa de hemólise. O análogo que apresentar os melhores resultados seguirá para estudos que tem por finalidade elucidar o mecanismo de ação destas moléculas, como estudos de cinética de morte, técnicas de microscopia, despolarização de membrana, entre outros. Este projeto prevê o aprendizado de demais técnicas na University of British Columbia, que contribuirão para esta elucidação. As bactérias do grupo ""ESKAPE"" serão foco da pesquisa para o desafio da MDR. Espera-se, portanto, obter sequências análogas aos peptídeos conhecidos, porém com melhores atividades antimicrobianas e descrever seus mecanismos de ação. (AU)