Busca avançada
Ano de início
Entree

Infecção por Giardia lamblia: identificação e papel das modificações pós-traducionais de proteínas na manutenção das junções intercelulares em células intestinais

Processo: 18/04412-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Renata Rosito Tonelli
Beneficiário:Juliana Bizarri Souza
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Giardia lamblia   Transdução de sinais   Fosforilação

Resumo

O trato gastrointestinal é recoberto por uma monocamada de células epiteliais que atuam como uma barreira semipermeável. A função desta barreira é devida à presença de um complexo multiprotéico que permite a passagem seletiva de íons, água e outras moléculas através do epitélio. Este complexo é formado por três tipos de junções celulares, sendo as junções oclusivas as principais responsáveis pela permeabilidade paracelular. Estas junções são constituídas por proteínas integrais de membrana e proteínas adaptadoras que regulam o fluxo paracelular de íons e pequenas moléculas, delimitam os domínios apical e basolateral das células e regulam a proliferação celular e expressão de certos genes. A giardíase é uma das doenças intestinais mais comuns no mundo, com altos níveis de incidência e prevalência, principalmente em locais de climas tropical e subtropical. A infecção é causada pelo protozoário Giardia lamblia, parasita microaerofílico que coloniza o intestino delgado de humanos e outros mamíferos. A doença apresenta um espectro de sintomas que variam desde assintomático até sintomático com quadros de diarreias agudo ou crônico. É sabido que a infecção pelo parasita afeta o epitélio intestinal a nível das junções oclusivas, no entanto, pouco se conhece sobre quais são as proteínas e as vias de sinalização afetadas durante o estabelecimento da doença. O objetivo deste trabalho é avaliar o perfil de proteínas de junção afetadas durante o estabelecimento da giardíase e investigar as modificações pós-traducionais e vias de sinalização envolvidas.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.