Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do impacto da poluição nos aspectos ecológicos de espécies e grupos funcionais de costões rochosos

Processo: 18/14572-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Biológica
Pesquisador responsável:Ronaldo Adriano Christofoletti
Beneficiário:Marcelo de Oliveira Rocha
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Assunto(s):Ecologia marinha   Metais pesados   Indicadores biológicos   Impactos ambientais   Ecossistemas costeiros   Zona costeira   Movimentação de rochas   Monitoramento biológico

Resumo

Neste estudo investigaremos a relação entre a concentração de metais no ambiente e em organismos (espécies e grupos funcionais) de costões rochosos em áreas sob diferentes níveis de impacto de poluição. Metais constituem um complexo grupo de elementos químicos, com elevada resiliência no ambiente físico e nos organismos. Sua presença nas formas orgânicas e inorgânicas tem consequências na biodisponibilidade e na toxicidade aos organismos. Organismos em costões rochosos têm sido pouco utilizados nesta temática, apesar dos crescentes impactos antrópicos, como o exemplo da tragédia da Samarco, que impactam os ambientes costeiros. Assim, por meio de uma avaliação interdisciplinar através da quantificação dos metais nos tecidos dos organismos e nos aspectos populacionais destes animais (tamanho, peso e abundância) avaliaremos o potencial de diferentes espécies e grupos funcionais como bioindicadores e biomonitores em ambientes costeiros, contribuindo para aspectos científicos e também de gestão da zona costeira.