Busca avançada
Ano de início
Entree

Otimização da síntese da rosiglitazona em processo batelada e em fluxo em microrreatores

Processo: 18/19294-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Tecnologia Química
Pesquisador responsável:Mauri Sergio Alves Palma
Beneficiário:Caroline Araskiro Pessoa
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Diabetes mellitus   Desenvolvimento de fármacos   Portadores de fármacos   Microrreatores   Fluxo contínuo   Rosiglitazona   Reatores anaeróbios em bateladas sequenciais

Resumo

O aumento de casos de diabetes mellitus tipo 2 no Brasil na última década vem incentivando a busca por novos fármacos para combatê-la. São mais de 400 milhões de pessoas acometidas pela doença ao redor do mundo. A enfermidade se caracteriza especialmente pelo excesso de glicose no sangue e pela secreção irregular de insulina. A Rosiglitazona (Avandia®), foi o primeiro fármaco da classe das glitazonas comercializado no mercado e que funciona como sensibilizador de insulina em seres humanos. A tecnologia de microrreatores visa a intensificação de processos e é importante na busca de equipamentos e reações menos nocivos e seguros. A indústria farmacêutica é a maior beneficiária dessa tecnologia, pois os microrreatores podem reduzir em anos o tempo necessário para desenvolver e produzir um novo fármaco e podem ser montados em unidades industriais extremamente pequenas e compactas, além de permitir um maior controle do processo. Neste trabalho, a aplicação de microrreatores capilares é estudada na síntese da rosiglitazona, no qual será realizada a transposição do processo batelada para o processo em fluxo em microrreator de duas reações intermediárias das quatro necessárias para a síntese deste fármaco. Este trabalho será desenvolvido no âmbito do auxílio individual à pesquisa financiado pela Fapesp no. 2017/12830-9 intitulado "Síntese da Pioglitazona, Rosiglitazona e Lobeglitazona em fluxo contínuo em microrreatores capilares" em vigência de 01/10/2017 a 30/09/2019.