Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização do interatoma proteico do fator de pluripotência L1TD1 em células-tronco tumorais e normais do sistema nervoso central

Processo: 18/20373-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2018
Vigência (Término): 30 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Oswaldo Keith Okamoto
Beneficiário:Thiago Giove Mitsugi
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/08028-1 - CEGH-CEL - Centro de Estudos do Genoma Humano e de Células-Tronco, AP.CEPID
Assunto(s):Proteômica   Neoplasias   Meduloblastoma   Sistema nervoso central   Proteínas de transporte   Células-tronco neoplásicas

Resumo

Meduloblastoma é o tipo de câncer embrionário maligno de Sistema Nervoso Central (SNC) mais comum em crianças de até 4 anos e é uma das principais causas de morbidade e mortalidade infantil. Foi demonstrado que células-tronco e células tumorais apresentam algumas propriedades de pluripotência em comum que têm sido associados à tumorigenicidade em diversos tipos de cânceres sólidos. Em meduloblastoma a expressão de fatores de pluripotência, como OCT4 e Lin28 são correlacionados com pior prognóstico clínico e formação de metástase. Diversos fatores ligados à de manutenção do estado pluripotente em células humanas têm sido estudados, porém grande parte desses fatores permanecem pouco caracterizados, como é o caso da proteína ligante de RNA L1TD1. L1TD1 é uma proteína presente em células-tronco normais mas sem expressão detectável em tecidos somáticos, sendo que sua expressão é suprimida em estágios iniciais de diferenciação celular. Porém, em alguns tipos de tumores a expressão de L1TD1 é observada fortemente regulada pela expressão de fatores de manutenção de pluripotência e outros marcadores de células-tronco neurais como CD133. No presente estudo propõe-se investigar o interatoma proteico de linhagens de células-tronco tumorais, com enfoque na interação da proteína L1TD1. Para isso faremos a superexpressão da proteína L1TD1 fusionada com GFP para co-imunoprecipitação da proteína e seus ligantes proteicos, que serão analisados por espectrometria de massas em colaboração com o Laboratório do Prof. Dr. Rob Ewing da Southampton University (UK).

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.