Busca avançada
Ano de início
Entree

Transcriptômica de staphylococcus aureus na presença de peptídeos antimcrobianos com foco em resistência microbiana e fatores de virulência

Processo: 18/17770-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 04 de março de 2019
Vigência (Término): 18 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Natan de Jesus Pimentel Filho
Beneficiário:Natan de Jesus Pimentel Filho
Anfitrião: Paul Cotter
Instituição-sede: Centro de Ciências da Natureza (CCN). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Campus de Lagoa do Sino. Buri , SP, Brasil
Local de pesquisa : Moorepark Food Research Centre, Irlanda  
Assunto(s):Transcriptoma   Microbiologia de alimentos   Expressão gênica   Sequenciamento

Resumo

Staphylococcus aureus é um patógeno oportunista e o agente causador de uma grande variedade de doenças humanas. Na indústria de alimentos, S. aureus causa grande preocupação principalmente devido à capacidade de aderir a superfícies e produzir biofilmes. Após contaminar os alimentos, seu crescimento pode resultar na produção de enterotoxinas, que é considerada uma das principais causas de intoxicação alimentar. Yacon (Smallanthus sonchifolius) é uma planta de raiz tuberosa conhecida por suas propriedades nutracêuticas. Diferentes compostos com efeitos biológicos e hipoglicêmicos estão presentes nas folhas de yacon. Os peptídeos antimicrobianos são importantes componentes da defesa natural da maioria dos organismos vivos contra patógenos invasores, que são expressos ou induzidos por uma infecção. Substâncias naturais, como os peptídeos antimicrobianos extraídos de plantas, surgem como uma alternativa aos produtos químicos comumente usados pela indústria de alimentos para controlar o crescimento microbiano e a formação de biofilmes. Outra classe de peptídeos antimicrobianos naturais são as bacteriocinas, peptídeos ribossomicamente sintetizados produzidos por Bactérias e algumas Archaeas, que podem ser usados no controle do crescimento microbiano em alimentos. Este projeto visa avaliar o efeito de peptídeos antimicrobianos presentes em extratos de folhas de yacon associados a variantes bioengenheiradas da bacteriocina nisina contra o crescimento e formação de biofilme por S. aureus. Considerando o interesse em compreender os mecanismos envolvidos na resistência adaptativa e a expressão de fatores de virulência por este patógeno na presença de peptídeos antimicrobianos, será realizada uma abordagem transciptômica utilizando o sequenciamento de DNA "next generation" associado a ferramentas de bioinformática.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.