Busca avançada
Ano de início
Entree

Toxicidade e efeitos subletais de inseticidas a Helicoverpa armigera (Hübner) e Spodoptera frugiperda (J.E. Smith) (Lepidoptera: Noctuidae)

Processo: 18/00045-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Sergio Antonio de Bortoli
Beneficiário:Caio Cesar Truzi
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Entomologia agrícola   Manejo integrado   Extratos vegetais   Soja   Milho   Helicoverpa armigera   Spodoptera frugiperda   Inseticidas biológicos   Fitotoxicidade

Resumo

Spodoptera frugiperda (J.E. Smith) (Lepidoptera: Noctuidae) é um inseto cosmopolita, que se encontra amplamente distribuído no continente americano, que apresenta elevada capacidade de adaptação e que se alimenta de diferentes culturas. Helicoverpa armigera (Hübner) (Lepidoptera: Noctuidae) é uma importante praga das culturas agrícolas no mundo todo, apresentando características como polifagia, diapausa facultativa, grande capacidade de dispersão, adaptação em diversos ambientes, além de alto potencial reprodutivo. Os programas de Manejo Integrado de Pragas - MIP para controle de H. armigera e S. frugiperda contam com algumas táticas, como a utilização de inseticidas químicos, inseticidas biológicos a base de bactérias e vírus, e plantas transgênicas. Inseticidas naturais extraídos de plantas, também podem conter substâncias a serem incorporadas no manejo destas pragas, porém uma das limitações da utilização de extratos é a fitotoxicidade que pode ser provocada a planta no qual é aplicado. Ainda não se tem amplo conhecimento do período residual, de doses letais, dos efeitos agudos e crônicos de inseticidas químicos e biológicos, e da atividade de extratos de plantas sobre esses lepidópteros-praga e sobre plantas hospedeiras. Assim, o objetivo dessa pesquisa será investigar o período residual em soja e milho, as concentrações letais e os efeitos subletais de inseticidas químico (flubendiamida), biológicos (baculovírus VPN-HzSNPV e VPN-SfMNPV, Bacillus thuringiensis subsp. aizawai) e de extrato de planta (Lippia sidoides) a H. armigera e S. frugiperda, além de avaliar a fitotoxicidade do extrato em plantas de soja e milho. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.