Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação das condições de cultivo para assimilação de xilose e secreção de enzimas e peptídeos por leveduras isoladas do ambiente

Processo: 18/07036-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Eleni Gomes
Beneficiário:Jaqueline Elaine Vaz
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Fermentação   Hemicelulose   Leveduras

Resumo

No Brasil, tecnologias sustentáveis para obtenção de diversos bioprodutos por processos fermentativos são favorecidas pela disponibilidade e variedade de matéria-prima renovável como subprodutos agroindustriais. Biomassa lignocelulósica como o bagaço e palha de cana de açúcar por processos de sacarificação, fornecem hexoses e pentoses que são os substratos para processos fermentativos na obtenção de produtos como álcoois, ácidos orgânicos, biossurfactantes, etc. Em projeto temático (Proc. Fapesp 2010/12624-0) desenvolvido recentemente, estudou-se a sacarificação enzimática de bagaço de cana de açúcar para produção de etanol de segunda geração, assim como, foram isoladas, identificadas e caracterizadas leveduras capazes de assimilar xilose. Entre essas leveduras, detectou-se várias com capacidade de produzir ácidos orgânicos a partir desse açúcar, ficando premente a necessidade da continuidade das investigações dessas leveduras e dos seus potenciais de assimilação de pentoses e produção de compostos biotecnologicamente importantes. Os resultados preliminares apontaram também a presença outros compostos de massa molar entre 300 e 600 Da, os quais pretende-se estudar nesse projeto. É conhecido que algumas leveduras são capazes de secretar peptídeos que apresentam atividades biológicas, como antimicrobiana, daí a possibilidade de que alguns desses compostos estejam nessa categoria. Adicionalmente, outra investigação a ser realizada está relacionada à capacidade dessas leveduras para produção de enzimas que hidrolisam a hemicelulose, principalmente ²-xilosidase e enzimas desramificantes de xilana como acetil xilana esterase e arabinofuranosidase. Desse modo, buscar-se-á conhecer os perfis de produção destas enzimas por essas leveduras, além de identificar os metabólitos proteicos liberados ao meio. Durante desenvolvimento deste projeto espera-se determinar as melhores condições de cultivo para a assimilação de xilose, caracterizar peptídeos e enzimas secretados pelas leveduras no meio fermentativo em fermentação semi-sólida