Busca avançada
Ano de início
Entree

Das práticas discursivas às práticas sociais: uma abordagem analítica dos dizeres sobre (e para) a mulher no entrecruzamento dos discursos de ontem e hoje

Processo: 18/13017-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 31 de outubro de 2020
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística
Pesquisador responsável:Lucília Maria Abrahão e Sousa
Beneficiário:Elaine Pereira Daróz
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Análise do discurso   Memória social   Sujeito   Mulheres

Resumo

Esta pesquisa de pós-doutorado se realizará sob a luz dos pressupostos da Análise do discurso de linha francesa (Pêcheux), buscando uma análise dos dizeres sobre (e para) a mulher na atualidade. A nosso pensar, os sentidos sobre a mulher relativamente estáveis reverberam nos discursos dos sujeitos contemporâneos, tornando assim a base para os dizeres sobre (e para) a mulher a partir de uma memória do dizer, com implicações nas práticas sociais, em especial no que concerne à posição da mulher na atualidade. Para melhor compreendermos o funcionando destes efeitos de sentidos na regularização de uma memória sobre a mulher em nossa formação social, tomaremos as discursividades que se materializam tanto no discurso midiático, a partir de diferentes objetos discursivos, como também no discurso literário, tendo em vista os dizeres sobre a mulher que se presentificam na literatura concernente à Antiguidade Clássica. Em consideração às distintas condições de produção em que estes discursos foram produzidos, tomaremos em atenção às repetições e/ou deslizamentos dos sentidos que se marcam nestes dizeres, a fim de expor o caráter ideológico em que estas discursividades se regularizam na formação social, com vistas a sua desnaturalização. Neste sentido, nos apoiaremos nos estudos de Pêcheux (2010; 1999) acerca do papel da memória na regularização dos sentidos, Romão (2012; 2011; 2004) acerca dos efeitos da sociedade em rede nos sujeitos discursivos e, ainda, no que tange aos seus estudos acerca da mulher na atualidade (ROMÃO; GARCIA, 2016; ABRAHÃO E SOUSA; GARCIA; FARIA, 2017) dentre outros. No que concerne à noção de memória de arquivo, Romão (2011, 2014), e demais estudos relacionados à temática em questão, suportarão a nossa investigação.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)