Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da denervação renal em um modelo de doença renal crônica

Processo: 18/11909-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Cassia Marta de Toledo Bergamaschi
Beneficiário:Amanda Costa Veiga
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Insuficiência renal crônica   Hipertensão   Fisiologia cardiovascular

Resumo

A doença renal crônica (DRC) é caracterizada por lesão e perda progressiva e irreversível das funções renais. As principais causas da DRC são as doenças cardiovasculares, principalmente a hipertensão arterial (HA). Apesar dos avanços nos tratamentos farmacológicos com anti-hipertensivos e técnicas cirúrgicas, o número crescente de pacientes com DRC indica a necessidade de novas estratégias terapêuticas. Estudos clínicos e experimentais têm demonstrado que o procedimento da denervação renal promove não apenas efeitos renoprotetores, como também melhora na função cardíaca e vascular e no metabolismo da glicose e sensibilidade à insulina, indicando efeitos em outros órgãos-alvos através de mecanismos neuro-humorais. Na DRC, diversos mecanismos levam às alterações cardíacas e renais, comofibrose, proteinúria, ativação do sistema renina-angiotensina-aldosterona (SRAA) e ativação do sistema nervoso simpático. O presente projeto pretende estudar os mecanismos pelos quais a denervação renal melhora as alterações cardiovasculares e renais na DRC. A DRC será induzida pelo modelo experimental de nefrectomia (Nx) 5/6 em ratos Wistar. Os animais serão submetidos a denervação renal e/ou o bloqueio do SRAA e serão avaliados: pressão arterial, frequência cardíaca, atividade nervosa simpática renal e esplâncnica e parâmetros de função renal.Assim, o presente projeto visa compreender os mecanismos funcionais e moleculares envolvidos na progressão da DRC, associada a HA, contribuindo para o desenvolvimento e aperfeiçoamento de novos tratamentos da doença.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MILANEZ, MAYCON I. O.; VEIGA, AMANDA C.; MARTINS, BEATRIZ S.; PONTES, ROBERTO B.; BERGAMASCHI, CASSIA T.; CAMPOS, RUY R.; NISHI, ERIKA E. Renal Sensory Activity Regulates the gamma-Aminobutyric Acidergic Inputs to the Paraventricular Nucleus of the Hypothalamus in Goldblatt Hypertension. FRONTIERS IN PHYSIOLOGY, v. 11, DEC 15 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.