Busca avançada
Ano de início
Entree

Regulação da dinâmica de comunidades e ecossistemas por grandes herbívoros de florestas tropicais

Processo: 18/20599-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 30 de novembro de 2018
Vigência (Término): 29 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Mauro Galetti Rodrigues
Beneficiário:Jose Ignacio Fernandez de La Pradilla Villar
Supervisor no Exterior: Elizabeth Bakker
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro, SP, Brasil
Local de pesquisa : Royal Netherlands Academy of Arts and Sciences, Holanda  
Vinculado à bolsa:15/11521-7 - Movimento na defaunação: o papel do comportamento animal e as interações espaciais na mediação de cascatas tróficas, a divisão do nicho e a dinâmica de comunidades na Mata Atlântica, BP.PD
Assunto(s):Animais herbívoros   Florestas tropicais   Ciclagem de nutrientes   Fertilidade do solo   Dinâmica de comunidades

Resumo

Os grandes mamíferos têm um papel essencial na estruturação dos ecossistemas e na regulação de funções ecossistêmicas chave. Porém, enquanto em ecossistemas de pradaria esse papel é bem caracterizado, nas florestas tropicais esse papel tem recebido pouca atenção. Neste projeto propomos testar experimentalmente como os grandes herbívoros neotropicais regulam a ciclagem de nutrientes, a fertilidade do solo e a dinâmica das comunidades de plantas. Usaremos dados de nutrientes do solo e estrutura do solo e ciclagem de nutrientes, e uma base de dados com mais de 8000 registros de plântulas coletados em um dos maiores experimentos de exclusão de grandes herbívoros de larga duração do Neotrópico, que tem funcionado por mais de 10 anos na Mata Atlântica Brasileira - projeto BIOTA FAPESP 2014/0196-0. Testaremos estatisticamente como a ciclagem de nutrientes, fertilidade do solo e dinâmica das comunidades de plântulas têm sido afetadas por efeito da defaunação experimental. Abordaremos como a regulação desses processos pelos grandes herbívoros muda ao longo de gradientes ambientais e de disponibilidade de recursos chave, com o fim de caracterizar os grandes eixos de variação espacial que afetam a dinâmica do sistema. Usando essa evidencia empírica construiremos modelos teóricos de metaecossistemas para sintetizar a influência da defaunação na dinâmica de funções ecossistêmicas críticas. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.