Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso das ômicas e ferramentas de bioinformática para detectar adaptação local do tubarão mako (Isurus oxyrinchus) nos oceanos Atlântico e Índico

Processo: 18/21319-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 04 de março de 2019
Vigência (Término): 03 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Biológica
Pesquisador responsável:Fernando Fernandes Mendonça
Beneficiário:Rodrigo Rodrigues Domingues
Supervisor no Exterior: Agostinho Antunes Pereira
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR), Portugal  
Vinculado à bolsa:17/02420-8 - Combinando oceanografia, transcriptoma e genômica para avaliar a conectividade genética populacional e adaptação local do altamente migratório, tubarão mako (Isurus oxyrinchus) no Oceano Atlântico, BP.PD
Assunto(s):Sequenciamento de nova geração   Conservação   Genômica   Elasmobrânquios

Resumo

No projeto inicial de pós-doutorado submetido à FAPESP, foram traçados como objetivo caracterizar o transcriptoma e realizar um estudo genômico populacional de um dos maiores predadores do ambiente marinho, com ampla distribuição geográfica e interesse comercial ecológico, o tubarão mako (Isurus oxyrinchus). Além disso, a proposta inicial objetivou a formação de recursos humanos na área da bioinformática e genômica. A etapa laboratorial realizada, com o emprego de técnicas de sequenciamento de nova geração - NGS (RNA-seq e ddRADseq), rendeu quantidades massivas de sequenciamento com mais de 42 784 019 milhões de sequências de RNA-seq para a etapa de caracterização do transcriptoma e 119 121 972 milhões de sequências de ddRADseq para etapa genômica populacional. Assim, a segunda etapa deste projeto, envolve o tratamento destes dados por meio de técnicas de bioinformática para as subsequentes análises que possam trazer significado biológico e ecológico para o tubarão mako. Portanto, este projeto objetiva (i) treinamento em bioinformática para o tratamento do sequenciamento de RNA-seq e ddRADseq, (ii) identificar genes e suas associações com funções biológicas, fisiológicas e moleculares, (iii) selecionar genes que permitam inferências sobre adaptação local frente a diferentes características oceanográficas da área de estudo, além de um amplo estudo genômico populacional em duas grandes bacias oceânicas, os Oceanos Atlântico e Índico. Ao final deste período no exterior, espera-se obter resultados inéditos para esta espécie, a qual resultará em publicações em periódicos de alto impacto, além de uma sólida formação do candidato em genômica e bioinformática e colaborações com conceituados pesquisadores do exterior que tem atuado na fronteira do conhecimento nesta área de pesquisa.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.