Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso de técnicas de Biologia Molecular para detecção de microrganismos patogênicos em roedores do estado de Minas Gerais

Processo: 18/08280-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia
Pesquisador responsável:Virgínia Bodelão Richini Pereira
Beneficiário:Alessandra Ventura Santos
Instituição-sede: Instituto Adolfo Lutz (IAL). Coordenadoria de Controle de Doenças (CCD). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia molecular   Saúde pública   Zoonoses   Animais silvestres   Reação em cadeia por polimerase (PCR)   Micro-organismos fitopatogênicos   Roedores   Minas Gerais

Resumo

As emergências e re-emergências de doenças são causadas por fenômenos naturais e pela intervenção humana, que combinadas causam mudanças ambientais e distúrbios ecológicos sendo assim fatores importantes no surgimento de enfermidades. A interação de humanos e animais domésticos com animais silvestres está aumentando devido ao crescimento populacional. Com isso, há um aumento na transmissão de zoonoses. Muitos animais silvestres de várias espécies têm sido apontados como importantes no processo evolutivo adaptativo de alguns microrganismos. O uso de animais silvestres em pesquisas está restrito por fatores como, por exemplo, a extinção, por esse motivo, a utilização de animais mortos por atropelamento é uma alternativa para pesquisas. Os objetivos do presente trabalho são: avaliar, por meio de técnicas de Biologia Molecular como PCR e Nested-PCR, a ocorrência de microrganismos causadores de doenças de interesse em saúde pública, em exemplares de roedores mortos por atropelamento no estado de Minas Gerais e identificar as espécies de animais mais acometidas.