Busca avançada
Ano de início
Entree

Imunoexpressão de hMutSB em tumores de glândulas salivares

Processo: 18/12435-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Pablo Agustin Vargas
Beneficiário:Laryssa Moura Dias
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Patologia bucal   Neoplasias das glândulas salivares   Carcinoma adenoide cístico   Carcinoma mucoepidermoide   Adenoma pleomórfico   Imunoexpressão   Histopatologia   Imuno-histoquímica

Resumo

Tumores de glândulas salivares são um grupo heterogêneo de lesões subdivididas em benignas e malignas. O Adenoma pleomórfico é a principal neoplasia benigna das glândulas salivares maiores e menores, assim como os Carcinomas Mucoepidermóide e Adenoide Cistico são as principais neoplasias malignas. Estudos moleculares recentes têm demostrado que mutações genéticas são uns dos principais mecanismos associados com o desenvolvimento dessas lesões. O Sistema Mismatch representa um importante mecanismo de reparo de mal pareamento de bases e deleções ou inserções de sequencias no DNA, evitando a ocorrência de alterações que permitam o desenvolvimento de mutações. Este sistema é constituído por grupos de proteínas heterodímeras que atuam na identificação e remoção dos erros. As proteínas hMSH2 e hMSH3 são constituintes do grupo hMutS², responsáveis pela identificação de loops de inserção e deleção do DNA, assim como 2 ou mais sequências de bases mal pareadas. Estudos têm demostrado que expressões imunohistoquímicas alteradas destas proteínas estão associadas com o desenvolvimento e progressão de diversas doenças humanas. Entretanto, essas expressões em tumores de glândulas salivares ainda não foram profundamente exploradas. Este trabalho visa analisar as expressões imunohistoquímicas de hMSH2 e, pela primeira vez, hMSH3 em 30 casos de adenomas pleomórficos, 15 Carcinomas mucoepidermoides e 15 Carcinomas adenoides císticos, comparando seus resultados com 10 amostras de glândulas salivares menores normais excisadas juntamente com mucoceles. Os resultados serão correlacionados com as características histopatológicas específicas e prognóstico.