Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da atividade antimicrobiana de biomateriais nanocompósitos de poliamida 6 e nanopartículas de trimetafosfato decoradas com nanopartículas de prata

Processo: 18/16041-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2018
Vigência (Término): 30 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Alberto Carlos Botazzo Delbem
Beneficiário:Leonardo Antonio de Morais
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba, SP, Brasil
Assunto(s):Biomateriais   Anti-infecciosos   Prata   Nanocompósitos   Fosfatos

Resumo

A cárie precoce severa na infância é um problema preocupante à saúde pública que causa a perda do tecido dentário. Esta perda motiva pesquisas na área da engenharia tecidual, com biomateriais, na intenção de regenerar a estrutura e reestabelecer forma e função. O uso de novos materiais nanocompósitos para fabricação de dispositivos protéticos, matrizes para preenchimento de defeitos ósseos, matrizes para proteção do tecido pulpar de dentes e túbulos dentinários expostos poderá colaborar significativamente na qualidade de vida desta população. O presente projeto tem como objetivo obter a síntese, desenvolvimento e caracterização de novos materiais obtidos a partir da incorporação de nanopartículas de trimetafosfato de sódio (TMP) em matriz polimérica de poliamida-6 (PA6) decorando estes nanocompostos com nanopartículas de prata (Ag) e avaliar a atividade antimicrobiana. As nanopartículas de Ag serão sintetizadas em meio alcóolico com rigoroso controle de tamanho e forma. O TMP em sua forma nanométrica será obtido por metodologia de reação em estado sólido (moagem) por 48h. A produção das nanofibras de PA6 associadas ao TMP será realizada utilizando a técnica de electrospinning. Os nanocompósitos serão obtidos nas concentrações de 2,5, 5 e 10% (m/m) de TMP em relação a massa de PA6. A decoração dos nanocompósitos com nanopartículas de Ag será realizada por adsorção química. Será feita a imersão dos mesmos (PA6-TMP em diferentes concentrações) em uma solução de nanopartículas de prata em concentração de 12 mM por 24h. Após a preparação dos nanocompósios será realizado os testes de quantificação das células cultiváveis e determinação de halo de inibição. Os dados serão analisados quanto à sua distribuição (normalidade e homogeneidade) antes da determinação do teste estatístico apropriado. Caso seja possível o uso de testes paramétricos, os dados serão analisados por ANOVA (medidas repetidas) e teste de Tukey. Caso contrário, serão utilizados os testes de Kruskall-Wallis e Dunn. O nível de significância adotado será de 5%.