Busca avançada
Ano de início
Entree

Relação da estrutura quaternária e atividade enzimática da beta-glicosidase de Spodoptera frugiperda (Sfbgly)

Processo: 18/18537-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Enzimologia
Pesquisador responsável:Sandro Roberto Marana
Beneficiário:Felipe Akihiro Melo Otsuka
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/25955-0 - Reconstrução de sequências enzimáticas ancestrais para entender o câncer: capacidade de evolução e resistência da tirosina quinase Abl1, BE.EP.DD
Assunto(s):Celulase   Elementos estruturais de proteínas   Cinética enzimática   Estrutura quaternária de proteína   Spodoptera frugiperda

Resumo

As beta-glicosidases GH1 possuem uma estrutura terciária característica, o (beta/alfa)8 barril, porém poucos estudos exploram detalhadamente a influência da sua estrutura quaternária sobre a sua atividade catalítica e função. Portanto, o objetivo deste projeto é caracterizar a estrutura quaternária da beta-glicosidase GH1 de Spodoptera frugiperda (Sfbgly; O61594; PDB 5CG0) com ênfase na sua interface dimérica correlacionando a formação destes oligômeros com efeitos sobre os parâmetros de cinética enzimática. Para tal serão construídos mutantes tendo como alvos os resíduos na interface do dímero de Sfbgly, visando inviabilizar a sua formação. De fato, analisando esta interface foram planejados dois mutantes pontuais (F155N e F155A) e um mutante sêxtuplo. Assim, é previsto que estas enzimas mutantes serão monoméricas e a enzima selvagem dimérica. As Sfbgly selvagem e mutantes serão produzidas como proteína recombinante em bactérias e em seguida serão realizados ensaios biofísicos (SEC-MALS, DLS e SAXS) para dissecar os estados oligoméricos destas proteínas. Adicionalmente, ensaios de cinética enzimática de estado estacionário serão realizados para avaliar a atividade da enzima selvagem e das mutantes. Em suma, estes dados permitirão pela primeira vez correlacionar detalhadamente atividade enzimática com a estrutura quaternária em uma beta-glicosidase GH1. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
OTSUKA, FELIPE A. M.; CHAGAS, RAFAEL S.; ALMEIDA, VITOR M.; MARANA, SANDRO R. Homodimerization of a glycoside hydrolase family GH1 beta-glucosidase suggests distinct activity of enzyme different states. Protein Science, v. 29, n. 9 JUL 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.