Busca avançada
Ano de início
Entree

O lugar do exílio: a retomada dos debates sobre os direitos humanos na Argentina (1995-1997)

Processo: 18/18793-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 03 de fevereiro de 2019
Vigência (Término): 02 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História da América
Pesquisador responsável:José Alves de Freitas Neto
Beneficiário:Ana Carolina Balbino
Supervisor no Exterior: Jorge de Hoyos Puente
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidad Nacional de Educación a Distancia (UNED), Espanha  
Vinculado à bolsa:17/10747-7 - O lugar do exílio: a retomada dos debates sobre os direitos humanos na Argentina (1995-1997), BP.DR
Assunto(s):Ditadura   Argentina   História contemporânea   Direitos humanos   Exílio

Resumo

Nesse projeto se defende o estudo do exílio argentino e do debate de direitos humanos em chave transnacional. Em meados dos anos 1990 a questão das violações de direitos humanos voltou a ser discutida pela sociedade argentina. Contribuíram para esse renascimento o surgimento, no espaço público, da segunda geração de vítimas, unida na organização H.I.J.O.S. e a abertura, na Espanha, de processos criminais contra militares argentinos envolvidos na repressão.A partir dessa mudança na esfera pública, propomos o estudo da imagem do exilado argentino e dos debates de direitos humanos pelas organizações H.I.J.O.S. - sedes Buenos Aires, Barcelona e Madri - e pelo periódico El País entre os anos de 1995 e 1998, momentos que passam pela formação das unidades da organização e os primeiros testemunhos de militares acusados de genocídio e violações de direitos humanos na Espanha.