Busca avançada
Ano de início
Entree

Consumo de lácteos em gestantes e desfechos de saúde materno-infantil

Processo: 18/15609-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Maria Antonieta de Barros Leite Carvalhaes
Beneficiário:Gabriella Ferreira da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Saúde materno-infantil   Nutrição da mãe   Ingestão de alimentos   Gravidez   Laticínios   Inquéritos nutricionais   Análise multivariada

Resumo

Durante a gestação, as necessidades energéticas e nutricionais encontram-se aumentadas e o consumo de lácteos durante essa fase confere à mãe importantes macro e micronutrientes. O acréscimo na ingestão de lácteos está associado a um menor risco de bebês pequenos para idade gestacional (PIG); a um aumento do risco de bebês grandes para idade gestacional (GIG), maior ganho de peso gestacional, peso placentário e comprimento ao nascer, circunferência abdominal e perímetro cefálico. Neste sentido, há necessidade de avaliação do consumo de lácteos em gestantes brasileiras. O objetivo deste estudo é investigar o consumo de lácteos durante a gestação e sua possível associação com peso ao nascer do bebê e ganho de peso gestacional da mãe. Trata-se de um estudo realizado em Botucatu, em que duas coortes de gestantes matriculadas no pré-natal da assistência primária à saúde foram acompanhadas. Dados foram coletados nos três trimestres de gestação, sendo realizados dois inquéritos alimentares tipo recordatório 24 horas em cada momento. A digitação dos dados de consumo foi registrada no software Nutrition Data System for Research (NDSR). O peso ao nascer dos bebês foi obtido pelo Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC) e o ganho de peso gestacional foi estimado a partir de registros nos prontuários das gestantes. Será analisada a quantidade de ingestão de produtos lácteos em cada trimestre gestacional subdivididos em 5 grupos: leites, queijos, iogurtes, preparações com leite e produtos com leite. As associações serão investigadas por análises descritivas e análises de regressão univariadas e multivariadas, sendo que todas serão realizadas no software Statistical Package of Social Science for Windows (SPSS), versão 20.0, considerando p<0,05 como nível de significância estatística.