Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de protocolo para extração de polissacarídeos intracelulares de bactéria cariogênica

Processo: 18/14113-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Carolina Patrícia Aires
Beneficiário:Bruna Pereira Penachin
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Biofilmes   Polímeros (materiais)   Parede celular   Streptococcus mutans   Polissacarídeos bacterianos   Espectrofotometria

Resumo

Considerando que os polissacarídeos intracelulares bacterianos (PICs) podem ser um fator importante para o desenvolvimento da cárie dental e que há limitações metodológicas para sua obtenção, o objetivo do presente estudo é avaliar o efeito de diferentes protocolos de extração destes polímeros de biofilmes de Streptococcus mutans. Assim, biofilmes de S. mutans UA 159 serão formados por 5 dias em lamínulas de vidro em meio de baixa massa molecular contendo sacarose 1%, com o objetivo de simular as condições fisiológicas de formação do biofilme dental na cavidade bucal. Após o quinto dia de crescimento, os biofilmes serão coletados e os polissacarídeos da matriz serão extraídos. A seguir, o material contendo as bactérias hígidas será submetido à extração dos PICs. Esta extração preconiza a lise da parede celular bacteriana na presença de temperatura e base forte. Assim, as amostras serão submetidas a um dos seguintes protocolos de extração: 1) NaOH 1 M à 100 ºC durante 5 min; 2) NaOH 1 M à 100 ºC durante 10 min; 3) NaOH 1 M à 100 ºC durante 15 min 4) NaOH 0,5 M à 100 ºC por 5 minutos; 5) NaOH 0,5 M à 100 ºC por 10 min ou 6) NaOH 0,5 M à 100 ºC por 15 min. Após precipitação com etanol, os polissacarídeos serão quantificados por espectrofotometria e analisados quanto à sua composição monossacarídica. Para comparação entre os grupos, inicialmente será analisada a normalidade dos resíduos e homogeneidade das variâncias. Sendo normal a distribuição dos valores, será usada ANOVA seguido de teste post-hoc de Tukey para comparação entre grupos. Caso a distribuição não seja normal, será feita a comparação usando o teste de Kruskal-Wallis. O nível de significância aceito será de 5%.