Busca avançada
Ano de início
Entree

Governança e rede social: análise em cooperativas de pequenos produtores citrícolas nas regiões de Bebedouro-SP e Itápolis-SP

Processo: 18/12221-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2018
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Giuliana Aparecida Santini Pigatto
Beneficiário:Leandro Guedes de Aguiar
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Engenharia. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Tupã. Tupã , SP, Brasil
Assunto(s):Transação   Governança   Citricultura   Redes

Resumo

O setor citrícola brasileiro continua revelando peculiaridades organizacionais e institucionais, que se bem compreendidas e estudadas, podem representar uma alternativa ao conhecido processo de redução do número de pequenos citricultores em atividade no cinturão da laranja. No século XXI, o fato das participações crescentes de pequenos citricultores em associações e cooperativas, a fim de fazer frente às incertezas de mercado, clama pela necessidade de estudos dessas formas de governança que representem um arranjo menos vertical e mais cooperativo entre agentes. Assim, tem-se como problema de pesquisa: A estrutura de governança trabalhada por cooperativas citrícolas de pequenos produtores, caso o seu formato seja em rede, permite a redução dos riscos nas transações, ex-ante (seleção adversa) e ex-post (risco moral), e os problemas de oportunismo a jusante e a montante da cadeia produtiva? O objetivo geral da pesquisa é analisar se a estrutura de governança adotada por cooperativas citrícolas de pequenos produtores, e seu possível formato em rede, têm permitido a redução dos riscos nas transações e os problemas de oportunismo. O procedimento metodológico planejado compreende a estruturação e a pesquisa de dois estudos de caso em cooperativas de pequenos produtores de laranja do interior do estado de São Paulo, sendo ambas inseridas na atividade de produção de suco. Tais análises serão suportadas pelas abordagens da Economia dos Custos de Transação (complementar, teoria da Agência) e de Rede Social. Como resultados, espera-se a definição acerca da importância das cooperativas e seu formato em rede, enquanto agentes econômicos, na manutenção dos pequenos produtores na atividade da citricultura, bem como a contribuição acadêmica para a teoria dos formatos híbridos de governança.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
AGUIAR, Leandro Guedes de. Governança e rede social : análise em cooperativas de pequenos produtores citrícolas nas regiões de Bebedouro-SP e Rio Claro-SP. 2020. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências e Engenharia..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.