Busca avançada
Ano de início
Entree

Propriedades pecuárias e espalhamento de doenças pela rede de comércio do Espírito Santo, Brasil

Processo: 18/17762-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 10 de janeiro de 2019
Vigência (Término): 09 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:José Henrique de Hildebrand e Grisi Filho
Beneficiário:Jason Onell Ardila Galvis
Supervisor no Exterior: Rowland Raymond Kao
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Edinburgh, Escócia  
Vinculado à bolsa:16/03441-6 - Análise espacial da tuberculose bovina e redes de movimentação animal no Estado do Espírito Santo, Brasil, BP.DR
Assunto(s):Saúde animal   Doenças dos animais   Transmissão de doenças animais   Bovinos   Grupos de risco

Resumo

As propriedades pecuárias no Brasil têm alta importância econômica para o país. Portanto, surtos de doenças emergentes ou desconhecidas devem ser evitados pelo sistema de vigilância do Brasil no território nacional. O comércio animal tem um papel importante na transmissão de patógenos entre propriedades. Por conseguinte, é necessário estudar as características da rede animal para identificar as propriedades com maior importância na transmissão e as propriedades onde o sistema de vigilância pode atuar mais eficientemente. O objetivo deste estudo será classificar as propriedades pecuárias da rede de comércio de bovinos em grupos de risco e identificar quais delas têm maior importância no espalhamento de doenças. Este estudo usará o banco de dados dos movimentos de bovinos do estado de Espírito Santo (ES), Brasil, entre 2014 e 2015. A estrutura geral da rede será descrita usando os parâmetros de tamanho, coesão e centralidade e as propriedades serão agrupadas em cinco grupos de acordo com os componentes da rede. A importância das propriedades e grupos para o espalhamento de doenças será avaliada usando o número de propriedades alcançáveis por cada uma das propriedades na rede. Finalmente, para estudar a interferência hipotética da transmissão de uma doença, desagregaremos a rede, removendo progressivamente as propriedades com maior importância de acordo a suas medidas de centralidade. Este estudo proporcionará informação ao sistema de vigilância do Brasil sobre quais propriedades devem que ser monitoradas para prevenir e controlar o espalhamento de uma doença infecciosa. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.