Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do potencial bioestimulante da vinhaça e de surfactantes químico e biológico na biodegradação de óleo lubrificante por Pseudomonas aeruginosa LBI

Processo: 18/14686-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Roberta Barros Lovaglio
Beneficiário:Teresa Cristina Vigatto Xavier
Instituição-sede: Centro de Ciências da Natureza (CCN). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Campus de Lagoa do Sino. Buri , SP, Brasil
Assunto(s):Biodegradação   Óleos lubrificantes   Surfactantes   Resíduos agroindustriais   Cromatografia a gás   Espectrometria de massas

Resumo

A Fazenda Lagoa do Sino emprega máquinas agrícolas que utilizam óleo lubrificante para o seu funcionamento. Após a sua utilização, o resíduo é guardado em recipientes que são dispostos em um galpão sem previsão de retirada. Gradualmente esse material se acumula no local, sem descarte adequado, o que representa um grave potencial de contaminação do solo e eventualmente de um lençol freático. Para a solução dessa problemática serão aplicados surfactantes no líquido residual, um biológico, produzido a partir de resíduos agroindustriais, e outro químico, sendo comparadas as eficiências de cada surfactante na estimulação da degradação do óleo lubrificante usado. A análise de biodegradação será feita por cromatografia gasosa acoplada à espectrometria de massas.