Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do metabolismo de ureídeos e compostos nitrogenados em plantas de feijão-caupi em resposta a aplicação de selênio e relações com a qualidade nutricional do grão

Processo: 18/15490-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:André Rodrigues dos Reis
Beneficiário:Maria Gabriela Dantas Bereta Lanza
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Engenharia. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Tupã. Tupã , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/09935-9 - Análise do metabolismo de ureídeos e compostos nitrogenados em plantas de feijão-caupi em resposta a aplicação de selênio e relações com a qualidade nutricional do grão, BE.EP.IC
Assunto(s):Selênio   Nutrição mineral de plantas

Resumo

O selênio (Se) apresenta grande influência no metabolismo de nitrogênio principalmente em plantas leguminosas. A fixação biológica do nitrogênio por plantas de feijão-caupi ainda é pouco compreendida. Há evidências conclusivas de deficiência de Se nos solos do Brasil, o que pode gerar deficiência em animais e humanos. Desta forma, existe a necessidade de se aumentar os teores de Se nas partes comestíveis dos alimentos pertencentes a dieta do brasileiro. O nordeste do Brasil é a região que apresenta o principal foco de desnutrição humana e o feijão-caupi é o principal alimento e fonte de proteína para a população local. Portanto, o objetivo desse trabalho é avaliar a produção de ureídeos em plantas de feijão-caupi em resposta a aplicação de Se visando aumentar a produtividade e melhoria na qualidade nutricional do grão. Por hipótese, com o aumento de ureídeos (alantoína e ácido alantóico) bem como compostos nitrogenados (aminoácidos, nitrato e amônia) poderá resultar em grãos com maior teor proteíco (albumina, globulina, prolamina e glutelina nos grãos) bem como sementes com maior concentração de Se, o que pode acarretar em melhoria da saúde da população. Para testar a hipótese, serão analisados 2 experimentos. Experimento I. Será avaliado o efeito de doses de Se (0, 10, 25, 50, 100 e 150 g ha-1) aplicados via solo e foliar. Esse experimento já foi realizado no projeto FAPESP 2015/ 26817-9. No entanto, não avaliado a produção de ureídeos e compostos nitrogenados (aminoácido, nitrato, amônia) na matéria seca das folhas durante o florescimento. Experimento II. Baseado em dados referente ao projeto FAPESP 2015/ 26817-9, será instalado um novo experimento em condições de campo com a aplicação via solo de Se na dose de 15 g ha-1, aplicado na forma de selenato de sódio. A aplicação do Se será aplicado via solo aos 7 dias após a emergência das plantas. Será utilizado a cultivar BRS Xique-Xique por ser um dos cultivares mais plantados e comercializados no nordeste. Após a emergência das plântulas, será realizado coleta semanalmente de dados referentes a altura, parte aérea e raiz das plantas, número de nódulos, massa fresca e seca de nódulos para determinação de peso seco, nutrientes, ureídeos, compostos nitrogenados (aminoácido, nitrato, amônia) e açúcares totais e sacarose até o final do ciclo da cultura. O resultado esperado desse trabalho é identificar a fase fenológica da planta de acúmulo máximo de Se para estabelecer época mais adequada de aplicação do fertilizante contendo Se.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.