Busca avançada
Ano de início
Entree

Mudanças e permanências no mobiliário funerário em cemitérios do Reino Novo e do terceiro período intermediário: um estudo sobre o papel dos amuletos

Processo: 18/15426-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2018
Vigência (Término): 20 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Arqueologia - Teoria e Método em Arqueologia
Pesquisador responsável:Vagner Carvalheiro Porto
Beneficiário:Victoria Arroyo Adaime
Instituição-sede: Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/22006-7 - O papel dos amuletos em cemitérios da não-elite do Reino Novo e do Terceiro Período Intermediário no Antigo Egito, BE.EP.MS
Assunto(s):Egito Antigo   Rituais funerários   Amuleto

Resumo

A presente pesquisa visa analisar e interpretar como a transição de um período politicamente centralizado para um descentralizado na história do Antigo Egito afetou a variabilidade das práticas funerárias das não-elites através da presença ou ausência de amuletos, assim como a variabilidade de maneiras como foram empregados, em enterramentos de quatro cemitérios de dois períodos: do Reino Novo (1550-1069 AEC), Amarna e Gurob, no Alto Egito e Médio Egito, respectivamente, e do Terceiro Período Intermediário (1069-656 AEC), Matmar, no Alto Egito e Lahun, no Médio Egito. A análise do papel dos amuletos a partir de uma abordagem contextual, junto com outras variáveis, como seu posicionamento na tumba ou no corpo e presença de outros objetos relacionados a eles, como escaravelhos, placas e colares de contas, possibilitará a compreensão de diferenças no padrão de cultura material, ou seja, mudanças e permanências na concepção e uso de amuletos dentro do mobiliário funerário. (AU)