Busca avançada
Ano de início
Entree

Capacidade aeróbia e exercício de força na arterite de Takayasu: relações e impactos nos desfechos clínicos, laboratoriais e extensão das lesões vasculares

Processo: 18/08735-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2019
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Samuel Katsuyuki Shinjo
Beneficiário:Alexandre Moura dos Santos
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Arterite de Takayasu   Doenças reumáticas   Exercício físico   Reumatologia

Resumo

A arterite de Takayasu (AT) é uma vasculite sistêmica primária que afeta grandes vasos e seus principais ramos. Acomete principalmente mulheres jovens. A inflamação dos vasos sanguíneos leva, em última análise, a estenoses, oclusões, ectasias e/ou aneurismas e, consequentemente, a diferença de pulsos entre os membros, além de quadro de claudicações vasculares.A capacidade aeróbia (CA) é a medida referente à absorção, transporte e utilização de oxigênio pelo organismo, caracterizando-se a capacidade de realização de trabalho do indivíduo. Trata-se também de uma ferramenta que pode predizer doenças cardiovasculares.O nosso grupo foi pioneiro em demostrar que a CA se encontra diminuída em uma amostra pequena e homogênea de mulheres jovens com a AT em remissão. Adicionalmente, foi mostrada a segurança e a eficácia de exercícios aeróbios nessa amostragem de pacientes, assim como a influência dessas sessões no comportamento de citocinas séricas pró-inflamatórias e angiogênicas. Entretanto, devido a uma casuística pequena e homogênea, não foi possível realizar correlações entre a CA, com os parâmetros clínicos, laboratoriais e, sobretudo, com a presença, a localização e a extensão de danos vasculares, os quais são frequentemente encontrados nos pacientes com a AT.Além disso, até o momento a literatura não apresenta estudos que avaliaram a segurança, e o impacto de uma sessão de exercício de força na AT. No entanto, sessão de exercício de força mostra benefícios à saúde de pacientes com doenças cardiovasculares e na doença arterial periférica.Portanto, o objetivo do presente estudo é avaliar em uma amostragem representativa de ambos os sexos, e com a doença em diferentes estágios de atividade: a) a CA; b) o impacto e a segurança de sessão de exercício de força; c) a correlação entre CA, assim como de sessão de exercício de força, com os parâmetros demográficos, clínicos, terapêuticos, comorbidades, além da presença, localização e grau de danos vasculares; d) o comportamento de citocinas séricas (pró-inflamatórias e angiogênicas/anti-angiogênicas).

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DOS SANTOS, ALEXANDRE MOURA; MISSE, RAFAEL GIOVANI; PIRES BORGES, ISABELA BRUNA; BUORO PERANDINI, LUIZ AUGUSTO; SHINJO, SAMUEL KATSUYUKI. Physical exercise for the management of systemic autoimmune myopathies: recent findings, and future perspectives. CURRENT OPINION IN RHEUMATOLOGY, v. 33, n. 6, p. 563-569, NOV 2021. Citações Web of Science: 0.
DOS SANTOS, ALEXANDRE MOURA; MISSE, RAFAEL GIOVANI; BORGES, ISABELA BRUNA PIRES; GUALANO, BRUNO; DE SOUZA, ALEXANDRE WAGNER SILVA; TAKAYAMA, LILIAM; PEREIRA, ROSA MARIA R.; SHINJO, SAMUEL KATSUYUKI. Increased modifiable cardiovascular risk factors in patients with Takayasu arteritis: a multicenter cross-sectional study. ADVANCES IN RHEUMATOLOGY, v. 61, n. 1 JAN 8 2021. Citações Web of Science: 0.
ALEXANDRE MOURA DOS SANTOS; RAFAEL GIOVANI MISSE; ISABELA BRUNA PIRES BORGES; BRUNO GUALANO; ALEXANDRE WAGNER SILVA DE SOUZA; LILIAM TAKAYAMA; ROSA MARIA R. PEREIRA; SAMUEL KATSUYUKI SHINJO. Increased modifiable cardiovascular risk factors in patients with Takayasu arteritis: a multicenter cross-sectional study. ADVANCES IN RHEUMATOLOGY, v. 61, p. -, 2021.
ARAUJO, C. S. R.; DOS SANTOS, A. M.; OLIVO PALLO, P. A.; PEREIRA, R. M. R.; SHINJO, S. K. Is there a reliable association between patient-reported limb claudication and vascular imaging methods in Takayasu arteritis?. REUMATISMO, v. 72, n. 2, p. 103-110, 2020. Citações Web of Science: 0.
DOS SANTOS, ALEXANDRE MOURA; MISSE, RAFAEL GIOVANI; PIRES BORGES, ISABELA BRUNA; SHINJO, SAMUEL KATSUYUKI. The aerobic capacity in patients with antisynthetase syndrome and dermatomyositis. ADVANCES IN RHEUMATOLOGY, v. 60, n. 1 DEC 31 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.