Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise comparativa da expressão de miRNAs de macrófagos humano, bovino e murino infectados com bactérias do Complexo Mycobacterium tuberculosis

Processo: 18/17368-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Ana Marcia de Sá Guimarães
Beneficiário:Kerstin Muner
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Tuberculose   MicroRNAs   Macrófagos

Resumo

A tuberculose (TB) é uma doença infecciosa, causada principalmente por bactérias do Complexo Mycobacterium tuberculosis (MTC), sendo líder em mortalidade global. Neste contexto, o Brasil está entre os vinte países com maior incidência de TB, sendo o único país das Américas a fazer parte deste ranking. Mycobacterium tuberculosis (Mtb) tem o macrófago como célula alvo, tendo estabelecido com o mesmo uma relação de equilíbrio com constante evasão dos mecanismos antimicrobianos. Ao longo da evolução, foram desenvolvidos diversos mecanismos genéticos de regulação de células inflamatórias, permitindo a elaboração de respostas imunes específicas frente à invasão de patógenos, como a regulação pós-transcricional, através da ação de microRNAs capazes de regular a expressão gênica e a resposta imune. A recente descoberta do envolvimento de miRNAs na infecção por micobactérias tuberculosas abriu um novo campo de estudo para a TB, que têm utilizado como modelo de infecção principalmente Mtb, seguido de M. bovis BCG e M. bovis. Ainda não foram realizados estudos para caracterização do perfil de miRNAs expressos frente à infecção por M. africanum L1, M. africanum L2, M. canetti, M. bovis ou M. caprae de maneira comparativa. Tampouco foi comparada a expressão de miRNAs de diferentes linhagens celulares expostas a estas micobactérias, o que poderia evidenciar mecanismos de variação de tropismo por hospedeiros e virulência do MTC. Desta forma, a presente proposta visa comparar a expressão de miRNAs de macrófagos humanos, murinos e bovinos infectados com diferentes espécies do MTC (Mtb, M. africanum L1, M. africanum L2, M. bovis e M. caprae) e M. canetti, utilizando tecnologia de sequenciamento de nova geração (miRNA-Seq).

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Crean una plataforma digital para orientar a los profesionales de la salud con relación al uso de EPIs 
Plataforma on-line orienta profissionais de saúde sobre o uso de EPIs 
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (13 total):
Mais itensMenos itens
Cruzeiro do Sul: Plataforma ensina uso corrreto de EPIs (01/Mai/2020)
Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SP): Plataforma online da USP orienta profissionais de saúde sobre o uso de EPIs (28/Abr/2020)
Beto Ribeiro Repórter: Plataforma online da USP orienta profissionais de saúde sobre o uso de EPIs (28/Abr/2020)
Cassilândia Notícias: Plataforma online da USP orienta profissionais de saúde sobre o uso de EPIs (28/Abr/2020)
Nas Notícias: Plataforma online da USP orienta profissionais de saúde sobre o uso de EPIs (28/Abr/2020)
Portal do Governo do Estado de São Paulo: Plataforma online da USP orienta profissionais de saúde sobre o uso de EPIs (27/Abr/2020)
Agrosoft: Plataforma on-line orienta profissionais de saúde sobre o uso de EPIs (27/Abr/2020)
Notícias de Campinas: Plataforma online da USP orienta profissionais de saúde sobre o uso de EPIs (27/Abr/2020)
Tá Sabendo?: Plataforma on-line orienta profissionais de saúde sobre o uso de EPIs (27/Abr/2020)
Mix Vale: Plataforma online da USP orienta profissionais de saúde sobre o uso de EPIs (27/Abr/2020)
Digital Rádio e TV: Plataforma on-line orienta profissionais de saúde sobre o uso de EPIs (27/Abr/2020)
Notícias de Indaiatuba: Plataforma online da USP orienta profissionais de saúde sobre o uso de EPIs (27/Abr/2020)
Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo: Plataforma online da USP orienta profissionais de saúde sobre o uso de EPIs (05/Mar/2020)