Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da percepção e uso de equipamentos de proteção individual (EPIs) por profissionais de saúde durante a pandemia de SARS-CoV-2

Processo: 18/17368-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Ana Marcia de Sá Guimarães
Beneficiário:Kerstin Muner
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):COVID-19   SARS-CoV-2   Pandemias   Equipamento de proteção individual   Tuberculose   MicroRNAs   Macrófagos

Resumo

A COVID-19 (do inglês, coronavirus disease 19) é uma doença causada pelo vírus SARS-CoV-2 (coronavírus da síndrome respiratória aguda grave 2) que tem se espalhado pelo mundo com números alarmantes de casos e óbitos. Tratando-se de uma doença nova de transmissão respiratória, em que vacinas, tratamentos e medidas profiláticas efetivas não estão disponíveis, o uso correto de equipamentos de proteção individual (EPI) é essencial para minimizar o risco de infecção de profissionais da saúde. Infelizmente, muitos profissionais de saúde têm se infectado com SARS-CoV-2, com alguns casos evoluindo à óbito. Diversos fatores podem estar associados a este alto número de casos, a incluir, escassez de materiais e falta de treinamento no uso e descarte de EPIs. Assim, o objetivo deste projeto é avaliar a percepção, uso, manutenção e descarte de EPIs por profissionais da área da saúde, no contexto da pandemia de COVID-19, utilizando questionários estruturados disponibilizados em uma plataforma virtual de treinamento sobre uso de EPIs criada no início da epidemia no Brasil. Essa plataforma virtual, denominada EPISaúde (https://www.episaude.org/) e criada por especialistas em biossegurança, teve como objetivo trazer informação de qualidade, por meio de textos, vídeos e infográficos, sobre o correto uso, manutenção e descarte dos EPIs para profissionais de saúde. Além de disponibilizar o questionário de preenchimento voluntário, o site também possui uma sessão para dúvidas quanto à colocação e remoção de EPIs e uma sessão em que estes profissionais podem deixar depoimentos/relatos relacionados ao que tem vivenciado durante a pandemia. Aproximadamente 160 mil pessoas já acessaram o site, sendo que mais de 1000 questionários foram coletados. Com base nas respostas, perguntas e depoimentos disponibilizados nos questionários este estudo visa compreender a situação de risco em que profissionais de saúde se encontram no Brasil e identificar possíveis fatores associados às altas taxas de infecção observadas nestes profissionais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)