Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise tridimensional de ondas longitudinais amortecidas em loops coronais associados com flares

Processo: 18/25306-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia - Astronomia do Sistema Solar
Pesquisador responsável:Vera Jatenco Silva Pereira
Beneficiário:Sandra Milena Conde Cuellar
Supervisor no Exterior: Ineke de Moortel
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of St Andrews, Escócia  
Vinculado à bolsa:17/23026-6 - Análise tridimensional do amortecimento de ondas magnetoacústicas em loops coronais associados com flares, BP.PD
Assunto(s):Campo magnético   Erupção solar   Astrofísica solar

Resumo

O plasma da atmosfera solar perde energia por radiação e condução térmica, e deste modo precisa de uma fonte mecânica de calor para manter a temperatura em equilíbrio. Na literatura, vários estudos teóricos e observacionais nos mostra que as ondas magnetohidrodinâmicas podem balancear a energia em algumas regiões da atmosfera solar. Estas ondas permitem-nos estudar a dinâmica do gás em estruturas como loops coronais. A maioria dos estudos considerando ondas magnetohidrodinâmicas têm sido focados no Sol calmo. Porém, essas ondas também cumprem um papel importante durante eventos transientes. Neste projeto nós propomos analisar a energia liberada pelas ondas longitudinais durante os flares. Para fazer isto, nós buscaremos padrões oscilatórios em loops coronais durante as flares solares. Nós extrapolaremos as linhas de campo magnético usando a aproximação linear de campo livre de força para encontrar a forma e geometria dos loops. Nós vamos desenvolver um modelo numérico para estudar o comportamento do amortecimento das ondas ao longo dos loops coronais e usaremos os valores observacionais como parâmetros de entrada no código numérico. O nosso modelo será estendido, para integrar as equações da magnetohidrodinâmica ao longo das linhas de campo que nós extrapolaremos. Assim, nós reproduziremos o perfil da onda obtida desde os dados observacionais. A seguir, nós poderemos analisar os efeitos da viscosidade e a condução térmica para o perfil das ondas obtidas. Finalmente, nós compararemos as energias liberadas pelo amortecimento das ondas e pelo flare.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.