Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos metabólicos da programação fetal em matrizes e bezerros Nelore avaliados por fracionamento de isótopos de nitrogênio

Processo: 18/20754-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2018
Vigência (Término): 30 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Miguel Henrique de Almeida Santana
Beneficiário:Gabriela de Pauli Meciano
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/12105-2 - Fenômica da programação fetal na produção de bovinos de corte: uma abordagem sistêmica, AP.JP
Assunto(s):Bovinocultura de corte   Bovinos de corte   Proteólise   Vacas   Prenhez   Desenvolvimento fetal   Isótopos de nitrogênio

Resumo

A produção de bovinos de corte no Brasil é predominantemente realizada em pastagens de gramíneas tropicais na região central do país com animais da raça Nelore. Consequentemente, é comum o déficit nutricional das matrizes gestantes principalmente nos terços médio e final da gestação. Estudos indicam que perturbações em fases críticas da vida pré e pós-natal causam efeitos permanentes na saúde e produtividade na vida dos bovinos. O objetivo do presente estudo é avaliar as alterações no metabolismo proteico de matrizes gestantes e de sua progênie em resposta à programação fetal e suas consequências na composição corporal e características reprodutivas das matrizes e no peso ao nascimento e peso à desmama da sua progênie. Serão utilizadas 150 matrizes gestantes da raça Nelore e, posteriormente, suas progênies que estão divididas em três protocolos de suplementação distintos visando a programação fetal da progênie: S das matrizes recebendo suplementação proteico-energética por toda gestação, outro S das matrizes somente no terço final e S não recebendo esse estímulo nutricional, ou seja, sendo suplementadas apenas com sal mineral. Características produtivas e reprodutivas das matrizes serão utilizadas como fenótipos bem como o peso ao nascimento e à desmama da sua progênie. Para avaliação do metabolismo proteico dos animais será utilizado o fracionamento isotópico do nitrogênio no plasma dos animais, nas pastagens e no suplemento. Serão comparadas as proporções de N15/N14 dos diferentes tratamentos para determinar se existem diferenças em seu metabolismo proteico.