Busca avançada
Ano de início
Entree

Degradação de ciprofloxacina por processos eletroquímicos oxidativos avançados empregando eletrodos de difusão gasosa de carbono modificado com nanobarras de óxido de cério

Processo: 18/11934-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2018
Vigência (Término): 30 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Mauro Coelho dos Santos
Beneficiário:Amanda Silaib Tofic
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Eletroquímica   Degradação   Ciprofloxacino   Carbono   Óxido de cério

Resumo

Este projeto de pesquisa tem por objetivo degradar o antibiótico ciprofloxacina por meio de processos eletroquímicos oxidativos avançados (PEOAs) empregando materiais nanoestruturados na produção de eletrodo de difusão de gás (EDG) para eletrogeração de peróxido de hidrogênio. O H2O2 eletrogerado será quantificado por meio da técnica de espectroscopia de absorção UV-Visível. Será produzido EDG de carbono Vulcan XC72 modificado com nanobarras de óxido de cério para ser combinados com o eletrodo de diamante dopado com boro (BDD) para ser empregado na degradação do fármaco em questão. Os processos de degradação serão acompanhados por meio de análise de carbono orgânico total (TOC) a fim de determinar a mineralização do fármaco estudado e por cromatografia líquida de alta eficiência acoplado ao espectrômetro de massa (HPLC-MS) visando determinar a rota de mineralização da ciprofloxacina.