Busca avançada
Ano de início
Entree

Interações epistáticas associadas com o perfil de ácidos graxos da carne em bovinos Nelore

Processo: 18/19463-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2019
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Pesquisador responsável:Fernando Sebastián Baldi Rey
Beneficiário:Sabrina Thaise Amorim
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/04929-0 - Avaliação da relação entre conectividade genômica e acurácia de predição para características de composição de gordura em bovinos Nelore, BE.EP.MS
Assunto(s):Seleção genética   Epistasia genética   Ácidos graxos   Fosfolipídeos   Triglicerídeos   Bos taurus indicus

Resumo

A carne é uma importante fonte de aminoácidos, vitaminas, minerais e ácidos graxos. Com a grande disseminação de informação e estudos publicados sobre os efeitos dos ácidos graxos e componentes alimentares, a exigência por produtos mais saudáveis aumentou e recentemente, a composição de ácidos graxos no tecido adiposo de animais de corte. Vários estudos utilizando raças taurinas, mostraram a existência de variabilidade genética na composição de ácidos graxos em bovinos de corte. A seleção genômica tem sido sugerida como uma alternativa para lidar com características complexas como o perfil de ácidos graxos da carne. A epistasia é um efeito genético não-aditivo, e acontece entre marcadores SNPs (single nucleotide polymorphisms), genes ou QTLs (quantitative trait loci). Abordagens para modelar efeitos epistáticos também já foram desenvolvidas na seleção genômica, porém ainda são raros os estudos que consideram a identificação de efeitos epistáticos entre regiões genômicas em animais de produção. A variação na composição de ácidos graxos pode ser explicada pela caracterização e identificação de interações epistáticas que podem ser úteis para a predição de fenótipos de animais de abate. Assim, o objetivo desse estudo é identificar interações epistáticas para a característica de perfil de ácidos graxos da carne em animais da raça Nelore. Serão utilizados dados de 943 machos da raça Nelore provenientes de fazendas que integram os programas de melhoramento genético DeltaGen, CRV PAINT e Nelore Qualitas, e que também participaram do Projeto Temático (Processo FAPESP: 2009/16118-5) e do Projeto Jovem Pesquisador (Processo FAPESP: 2011/21241-0). O perfil dos AG será analisado em amostras de Longissimus thoracis utilizando cromatografia gasosa, com coluna capilar de 100 m. Para a genotipagem dos 943 animais foi utilizado um painel com mais de 777.000 SNPs do BovineHD BeadChip (High-Density Bovine BeadChip) Illumina®. Os programas EPISNPmpi e EPISNP serão utilizados para analisar estatisticamente as características dos ácidos graxos e identificar as interações epistáticas. Para análise das janelas modelo de BayesC será utilizado no software GenSel para ajustar os SNP e efeitos epistáticos. A análise de enriquecimento de genes e identificação de termos GO serão pesquisadas no software ENSEMBL Biomart. Termos associados a processos metabólicos de ácidos graxos serão usados para identificar genes associados à epistasia de ácidos graxos. O presente projeto fornece uma oportunidade de estudar a seleção e a associação genômica baseada em interações epistáticas para o perfil de ácidos graxos da carne de bovinos da raça Nelore.