Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel do sistema de secreção do tipo II na fisiologia e virulência de Chromobacterium violaceum

Processo: 18/03351-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:José Freire da Silva Neto
Beneficiário:Kelly Cristina Martins Barroso
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Sistemas de secreção tipo II   Chromobacterium violaceum   Virulência

Resumo

Os sistemas de secreção são nanomáquinas especializadas em exportar proteínas através do envelope celular bacteriano. O sistema de secreção do tipo II (T2SS) é utilizado por muitas bactérias Gram-negativas para translocar proteínas enoveladas do periplasma para o meio extracelular, incluindo diversas toxinas e enzimas degradativas. A Chromobacterium violaceum, um patógeno oportunista de humanos comumente encontrada no ambiente, possui um operon de 12 genes que codificam um potencial T2SS. Embora seja conhecido que C. violaceum secreta exoproteínas, ainda não se conhece o mecanismo de secreção. Neste trabalho, pretendemos caracterizar o T2SS de C. violaceum, com foco na descoberta de seus substratos e de como ele é regulado. Para isto, serão construídas linhagens mutantes com deleção de genes individuais ou do operon inteiro do T2SS. Estes mutantes serão caracterizados por ensaios de formação de biofilme e atividade de quitinase, protease, lecitinase, lipase e hemolisina. O envolvimento do T2SS em virulência será analisado em modelo de infecção em camundongos. A identificação das proteínas secretadas pelo T2SS será feita através de análise proteômica, comparando os secretomas das linhagens selvagem e mutantes do T2SS. A regulação do T2SS será investigada analisando a expressão do promotor do operon do T2SS em sistema repórter luciferase. Os resultados deste projeto deverão relevar o papel do T2SS para adaptação e sobrevivência de C. violaceum no ambiente e no hospedeiro. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.