Busca avançada
Ano de início
Entree

Chave para identificação de parasitóides (Hymenoptera: Scelionidae, Encyrtidae, Eurytomidae) de ovos de Pentatomidae (Hemiptera) de interesse econômico no Brasil

Processo: 18/18965-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 19 de março de 2019
Vigência (Término): 18 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Valmir Antonio Costa
Beneficiário:Valmir Antonio Costa
Anfitrião: Norman F Johnson
Instituição-sede: Instituto Biológico (IB). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Local de pesquisa : Ohio State University, Estados Unidos  
Vinculado ao auxílio:17/50334-3 - Plano de Desenvolvimento Institucional em Pesquisa (PDIp): modernização e adequação de unidades multiusuárias estratégicas do Instituto Biológico, AP.PDIP

Resumo

Percevejos (Hemiptera: Pentatomidae) são pragas sérias de várias culturas de grande importância, como soja e arroz. O controle biológico dessas pragas com parasitoides de ovos é uma alternativa viável; existe, inclusive, um projeto consagrado no Brasil, que é o controle biológico de percevejos da soja com Trissolcus basalis e Telenomus podisi (Hymenoptera: Scelionidae) na região sul do país. Contudo, diferentes espécies de parasitoides podem apresentar distintas preferências por hospedeiros e regiões de ocorrência, com variação na eficiência de parasitismo. A correta identificação dos organismos envolvidos é essencial para o sucesso de projetos de controle biológico, dada a variação na eficiência no controle proporcionado pelas diferentes espécies de inimigos naturais. Existem 27 espécies registradas de parasitoides de ovos de percevejos pentatomídeos em culturas de interesse econômico no Brasil; porém, não existe uma chave unificada para sua identificação. Os maiores especialistas do grupo são estrangeiros e é preciso capacitar pessoas no país para fazer essas identificações. Além disso, com a crescente escassez de taxonomistas no mundo, é importante a existência de chaves de identificação interativas e ricamente ilustradas, que permitam o não especialista identificar com certa segurança ao menos as espécies menos difíceis. O objetivo desse trabalho é fazer uma chave de identificação de parasitoides (Hymenoptera) de ovos de percevejos (Pentatomidae) pragas de culturas de interesse econômico no Brasil. Para tanto, está sendo solicitada uma Bolsa de Pesquisa no Exterior, com o objetivo de realizar um treinamento sob a supervisão do Dr. Norman F. Johnson (Ohio State University, Columbus, EUA), uma das maiores autoridades mundiais sobre o grupo na atualidade; ele também é diretor da C.A. Triplehorn Insect Collection (OSUC), da referida universidade, que abriga a maior coleção de parasitoides pertencentes a esse grupo no mundo e contém espécimes brasileiros a ele enviados para identificação. A OSUC possui ao menos oito espécies de Telenomus e Trissolcus associadas a Pentatomidae que ocorrem no Brasil e que não têm exemplares em coleções brasileiras organizadas. Além de estudar o material depositado na OSUC, durante esse período, de um ano de duração, seriam identificados, com o auxílio do Dr. Johnson, cerca de três mil exemplares brasileiros de parasitoides de Pentatomidae pertencentes à família Scelionidae, recebidos pelo Instituto Biológico.