Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência das faces cristalográficas de AU na eletroxidação de SO2

Processo: 18/24105-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2019
Vigência (Término): 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Susana Inés Córdoba de Torresi
Beneficiário:Renan Lopes Munhos
Supervisor no Exterior: Matthias Arenz
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Bern, Suíça  
Vinculado à bolsa:17/09346-8 - Estudo da oxidação do dióxido de enxofre em catalisadores de ouro nanoestruturados, BP.MS
Assunto(s):Eletrocatálise

Resumo

A eletroxidação de SO2 é considerada nova fonte de hidrogênio, porque é energeticamente favorável e mais barata que a eletrólise da água. Esse método apresenta grandes vantagens, tal qual a produção de H2 a potenciais mais negativos e o consumo de um poluente atmosférico, SO2, produzindo um importante insumo industrial, H2SO4. Nosso grupo já mostrou que o Au é o melhor eletrodo para esse processo e que processos de dinâmica não-linear acontecem na superfície do eletrodo. A cristalografia da superfície influencia no comportamento não-linear, propõem-se o uso de eletrodos com superfícies bem definidas, monocristalinas, para investigar a dependência eletroquímica dessa variável.