Busca avançada
Ano de início
Entree

Associação do farnesol à terapia fotodinâmica antimicrobiana para controle de Enterococcus faecalis

Processo: 18/08493-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2018
Vigência (Término): 30 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Juliana Campos Junqueira
Beneficiário:Andressa Mayumi Namba
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Microbiologia oral   Azul de metileno   Enterococcus faecalis   Biofilmes   Terapia fotodinâmica

Resumo

E. faecalis tem grande importância nas infecções endodônticas persistentes. A terapia fotodinâmica (PDT) tem demonstrando capacidade de reduzir o crescimento de E. faecalis no interior dos canais radiculares, apresentando potencial para ser usada como coadjuvante ao tratamento endodôntico convencional. Buscando-se aumentar a efetividade da terapia fotodinâmica para completa eliminação de E. faecalis, esse trabalho tem por objetivo avaliar o Farnesol como possível potencializador dessa terapia. Serão utilizadas cepas padrão e clínicas de E. faecalis, previamente, isoladas de canais radiculares de pacientes com infecções endodônticas. Inicialmente, serão realizados testes de Concentração Inibitória Mínima (CIM), pelo método de microdiluição em caldo, a fim de estabelecer a concentração do Farnesol a ser usada no estudo. A terapia fotodinâmica será realizada pela associação do fotossensibilizador azul de metileno com laser em baixa intensidade (660 nm). Todas as cepas serão submetidas à PDT em culturas planctônicas, com ou sem tratamento prévio com Farnesol. Os resultados serão avaliados por meio da contagem de Unidades Formadoras de Colônias (UFC/mL). Para investigar os mecanismos pelos quais o Farnesol pode impactar na PDT, será realizado o teste para determinação da permeabilidade da membrana celular e quantificação de absorção do fotossensibilizador pelas cepas de E. faecalis. A seguir, serão realizados ensaios em biofilmes, nos quais a influência do Farnesol na PDT serão avaliados pela contagem de células viáveis (UFC/mL) e quantificação da biomassa total pelo método do cristal violeta. Os dados obtidos serão analisados para a seleção do teste estatístico mais adequado para cada experimento, com nível de significância de 5%.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.