Busca avançada
Ano de início
Entree

Resistência a fadiga de biocompósitos poliméricos reforçados com fibra natural

Processo: 18/24816-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 15 de março de 2019
Vigência (Término): 14 de julho de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Maria Odila Hilário Cioffi
Beneficiário:Thiago de Souza Dias
Supervisor no Exterior: Denis Rodrigue
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEG). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Guaratinguetá. Guaratinguetá , SP, Brasil
Local de pesquisa : Université Laval, Canadá  
Vinculado à bolsa:17/15461-4 - Desenvolvimento e caracterização de biocompósitos: matriz polimérica de HIPS reforçado com fibras de capim-sapê, BP.IC
Assunto(s):Materiais compósitos de matriz polimérica   Fadiga   Fibras   Madeira   Efeitos a longo prazo

Resumo

Embora um grande número de pesquisas relacionadas a produção de biocompósitos poliméricos reforçados com fibras naturais tenha sido reportado nos últimos anos, ainda há pouca informação sobre seu comportamento mecânico. Isto é evidenciado principalmente quanto as propriedades a longo prazo destes materiais. Este trabalho tem o objetivo de obter informações de condições específicas dos testes de fadiga (frequência, amplitude e tipo de deformação), principalmente relacionando a parâmetros como o conteúdo de fibra no compósito. Assim, este projeto é um primeiro passo para o entendimento dos principais fatores que controlam o comportamento em fadiga de biocompósitos poliméricos reforçados com fibra natural. Os biocompósitos serão fabricados com Poli Ácido Lático (PLA) reforçados com resíduos de maple (madeira nativa do Canadá). Para isto, os ensaios de fadiga serão realizados apenas em temperatura ambiente devido a limitação do tempo do projeto. (AU)