Busca avançada
Ano de início
Entree

Processamento de dados

Processo: 18/21688-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2018
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Daniel Alejandro Vila
Beneficiário:Ricardo Almeida de Siqueira
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/11160-2 - Sistema de Monitoramento Hidrometeorológico (SMH) baseado em produtos de sensoriamento remoto, AP.PFPMCG.R
Assunto(s):Processamento de dados   Análise de dados   Sensoriamento remoto   Hidrometeorologia   Precipitação   Pluviometria

Resumo

O conhecimento do ciclo diário da precipitação (CDP) é de fundamental importância para entender os mecanismos físicos e/ou dinâmicos específicos associados com a distribuição espacial e temporal da precipitação. A principal dificuldade para entender esses processos é a falta de informações pluviométricas na escala temporal de horas e a baixa representatividade espacial e temporal desses dados. Para superar este problema, será necessário o uso combinado de diferentes produtos de sensoriamento remoto que realizem a estimativa de taxa de precipitação para a elaboração de um produto com escala temporal viável para o estudo do CDP. Contudo, além do desafio científico inerente que existe na análise de dados hidrometeorológicos provenientes de produtos de sensoriamento remoto, existe o desafio técnico do processamento destes dados, já que estes podem passar de dezenas de gigabytes para os casos de produtos de alta resolução espacial e com baixa latência. Além disso, scripts computacionais deverão ser criados ou modificados para a validação e ajuste dos atuais e novos produtos para longos períodos de tempo de análise (por volta de 10 anos). Este plano de trabalho se faz presente pela necessidade de se processar e validar uma grande base de dados que será utilizada para criação de um novo produto com escala temporal de 3 horas e que será posteriormente usada para o estudo da CDP. Este novo produto utilizará informações provenientes por satélite e de pluviômetros e também passará por uma metodologia de validação a partir de dados independentes.