Busca avançada
Ano de início
Entree

Performance de leitura em pacientes com glaucoma

Processo: 18/15465-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Augusto Paranhos Junior
Beneficiário:André Hiroshi Bando
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Oftalmologia   Glaucoma   Acuidade visual   Percepção visual   Compreensão da leitura

Resumo

Glaucoma é uma das principais causas de cegueira irreversível no mundo. Não é de se surpreender, portanto, que seja uma condição debilitante do ponto de vista funcional. Muitos estudos comprovam o impacto negativo do glaucoma na qualidade de vida e diretamente sobre atividades cotidianas como dirigir e ir ao mercado. Entretanto a performance de leitura em si ainda carece de estudos usando-se de meios mais sofisticados, como o sistema de rastreamento ocular (SRO, ou Eye Tracking device). Além disso, existe a necessidade de outros estudos que procurem diferenças de leitura com intervenções textuais, como aumento de fonte e de contraste. Por isso, o objetivo do presente estudo se concentra em comparar a performance de leitura entre controles e pacientes com glaucoma com e sem o uso do SRO. Dentre as várias tabelas de leitura disponíveis, escolhemos o Minessota Reading Test (MNREAD) como parâmetro de leitura. Iremos comparar a velocidade de leitura de 30 pacientes com glaucoma e de 30 participantes do grupo controle, ambos com acuidade visual melhor que 20/60 binocular. Analisaremos variáveis como velocidade de leitura, número de fixações e média de duração fixação, na vigência ou não de intervenções textuais como aumento de fonte, aumento de espaçamento entre linhas e aumento gradativo de contraste. Todos os pacientes passarão por exame oftalmológico completo, campimetria visual e o procedimento de leitura através do MNREAD e usando-se do SRO após o preenchimento do termo de consentimento livre e esclarecido.