Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação de marcadores proteicos de fertilidade no sêmen de touros pré-púberes

Processo: 17/22707-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Fabiana Ferreira de Souza
Beneficiário:Caroline Scott
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Puberdade   Proteômica   Bovinos   Espermatozoides   Sêmen

Resumo

A bovinocultura é uma das principais atividades da pecuária nacional que move a economia mundial. Os touros atingem a maturidade sexual após cerca de 24 meses de idade e somente à partir desta fase são considerados aptos ou não a reprodução. Selecionar touros ainda jovens é uma forma de evitar gastos com animais que serão descartados da reprodução. Desta forma, o objetivo desta pesquisa será identificar proteínas específicas de touros sexualmente imaturos, presentes nas células espermáticas e/ou plasma seminal de animais pré-púberes, relacionadas à fertilidade na vida adulta. Para tal, serão realizadas sucessivas colheitas de sêmen de 20 touros da raça Nelore, mantidos sob as mesmas condições, a cada 60 dias, a partir dos 8 meses de idade. Concomitantemente serão colhidas amostras de sangue para realização da dosagem de testosterona. As amostras de sêmen serão divididas em duas alíquotas (A1 e A2). A1: será realizada análise proteômica por meio de técnicas de análise shotgun para identificação e quantificação das proteínas presente no plasma seminal e células espermáticas; A2: serão realizadas as análises do sêmen para mensuração da motilidade total (MT), motilidade progressiva (MP), velocidade de trajeto (VAP), velocidade linear (VSL), velocidade curvilinear (VCL) e porcentagem de espermatozoides com movimento rápido (RAP) por método análise computadorizado (CASA). A avaliação da integridade do DNA, de membrana plasmática e acrossomal serão realizadas por meio de citometria de fluxo, logo após, as amostras serão criopreservadas. De acordo com os parâmetros seminais, congelabilidade e testes de qualidade espermática associados aos resultados da análise proteômica serão selecionados cinco animais, com maior e menor potencial de fertilidade que serão submetidos a testes de FIV e IATF como testes confirmatórios para este potencial. Com os resultados obtidos espera-se identificar marcadores proteicos de fertilidade em touros sexualmente imaturos, e consequentemente ocasionar retorno produtivo, reprodutivo e econômico para a pecuária nacional.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)